Polícia prende membros de quadrilha depois de roubo de carro em São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 01/04/2014 10h36

A polícia prendeu membros de quadrilha após roubo de veículo, perseguição e tiroteio na Rodovia Raposo Tavares, na Zona Oeste de São Paulo. Os dois detidos, entre eles um menor, de 17 anos, e outros três comparsas foram flagrados atacando uma família na noite desta segunda-feira (31).

Assim que desceu de um ônibus em um ponto da Rua Professor Máximo Ribeiro Nunes, paralela à rodovia, o bando tentou roubar o veículo de um motorista que estava parado no semáforo fechado.

A vítima percebeu a ação e conseguiu escapar em alta velocidade e ilesa, apesar dos tiros disparados pelos bandidos. Mas eles não desistiram e se voltaram contra uma família que vinha logo atrás.

O casal e suas duas filhas, de 2 e 9 anos, foram retirados à força do carro, um Fox preto, que foi imediatamente ocupado pelos assaltantes. O ataque foi testemunhado por uma equipe da 2ª Companhia do 16º Batalhão, que deu início à perseguição.

Percebendo a presença dos policiais, os criminosos atiraram contra a viatura e partiram em alta velocidade pela rodovia em direção a Cotia. No quilômetro 15, eles fizeram o retorno, mas foram surpreendidos por um bloqueio montado pelos Pms e voltaram a trocar tiros.

Os bandidos conseguiram furar o bloqueio pelo acostamento, mas o ladrão que dirigia foi atingido na cabeça, de raspão,e após 500 metros parou o carro. A quadrilha se dispersou, e os Pms conseguiram deter apenas o menor, que portava um revólver calibre 38.

Uma hora depois, o criminoso ferido foi localizado e preso por outra equipe da PM na Avenida Eliseu de Almeida, no Butantã. Geraldo Goes Rodrigues Júnior, de 23 anos, teve de ser medicado no pronto-socorro Bandeirante antes de seguir para o 89ª Distrito Policial, do Portal do Morumbi, onde foi autuado em flagrante.

O adolescente será encaminhado para uma unidade da Fundação CASA.

*As informações são do repórter JOVEM PAN Paulo Edson Fiore