Após desembarque do DEM, Baleia anuncia bloco com 10 partidos

Aliados do emedebista conseguiram evitar que PSDB e Solidariedade também deixassem o grupo

  • Por André Siqueira
  • 01/02/2021 16h27
Michel Jesus/Câmara dos Deputados

Candidato do MDB à presidência da Câmara dos Deputados, o deputado federal Baleia Rossi confirmou a formação de seu bloco, formado por 10 partidos. São eles: PT, MDB, PSB, PSDB, PDT, Solidariedade, PCdoB, Cidadania, PV e Rede. Como a Jovem Pan mostrou, a Executiva Nacional do DEM decidiu, na noite deste domingo, 31, ficar neutra na disputa pelo comando da Casa. O emedebista disputa a preferência dos parlamentares com o deputado federal Arthur Lira (PP-AL), na noite desta segunda-feira, 1º.

A presença do PSDB no bloco de Baleia Rossi era incerta até o início da tarde desta segunda-feira. Diante da sinalização de uma parte da bancada de preferência por Lira, o partido cogitou optar por seguir o caminho do DEM e liberar os deputados. Na prática, os tucanos não integrariam nenhum dos blocos. Segundo relatos feitos à Jovem Pan, o desembarque só não ocorreu porque caciques da legenda, como o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), entraram em cena. O Solidariedade era outro partido que cogitava deixar o bloco de Baleia Rossi. Apesar de um compromisso firmado pelo emedebista com o partido nacional da sigla, o deputado federal Paulinho da Força (SP), integrantes da bancada já manifestaram seu voto em Lira.

Para vencer a disputa, o candidato precisa conquistar ao menos 257 votos. Caso este número não seja alcançado, os dois mais votados se enfrentarão em um segundo turno. Diante das dissidências envolvendo a campanha de Baleia Rossi, aliados de Arthur Lira acreditam em uma vitória ainda no primeiro turno.