Barroso defende que urna eletrônica garante eleições seguras e auditáveis

Presidente do TSE afirmou que nunca foram registradas fraudes no sistema; urna eletrônica completou 25 anos nesta quinta-feira, 13

  • Por Jovem Pan
  • 13/05/2021 19h59 - Atualizado em 13/05/2021 21h05
Rosinei Coutinho/SCO/STF Declaração foi feita pelo ministro no dia em que a urna eletrônica completa 25 anos

O ministro Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), disse que as urnas eletrônicas garantem eleições “seguras e transparentes”. A afirmação foi feita durante uma sessão plenária do TSE realizada nesta quinta-feira, 13, dia em que a urna eletrônica completa 25 anos. “As urnas eletrônicas ajudaram a superar os ciclos da vida brasileira que vêm, pelo menos, desde a República Velha, em que as fraudes se acumulavam”, destacou o ministro, que continuou, dizendo que a ferramenta não é um dos problemas do processo eleitoral do país. “O Brasil tem muitos problemas que o processo democrático e a democracia ajudam a enfrentar e resolver, mas um desses problemas não é a urna eletrônica, que até aqui tem sido parte da solução, assegurando um sistema íntegro e que tem permitido a alternância de poder sem que jamais se tenha questionado de maneira documentada e efetiva.” Por fim, Barroso afirmou que, em 25 anos, nunca foram registradas fraudes no sistema e que as urnas garantem “eleições limpas, seguras, transparente e auditáveis”.