Bolsonaro anuncia salário mínimo de R$ 1.212 para 2022

Presidente confirmou valor durante transmissão nas redes sociais nesta quinta, e voltou a comentar sobre polêmica de ajuda humanitária oferecida pela Argentina às vítimas das chuvas

  • Por Jovem Pan
  • 30/12/2021 20h15 - Atualizado em 30/12/2021 20h23
Pixabay Notas de 10, 20, 50 (a maioria) e 100 reais sobrepostas Presidente fez live no penúltimo dia do ano

O presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou nesta quinta, 30, o novo valor do salário mínimo para 2022, que será de R$ 1.212,00. Uma Medida Provisória (MP) ainda terá que ser publicada no Diário Oficial da União para que entre em vigor. “A partir de 1º de janeiro, o novo valor do salário mínimo [será de] R$ 1.212”, afirmou o presidente durante live transmitida a partir de Santa Catarina, onde passa férias. O valor já havia aparecido no orçamento aprovado pelo Congresso em 21 de dezembro, a partir de uma previsão de aumento de 10,18% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Em outro ponto da live, Bolsonaro comentou sobre o envio de dez homens oferecido pela Argentina para prestar ajuda aos atingidos pela chuva no sul da Bahia, agradeceu ao governo vizinho mas justificou não ter aceitado dizendo que haveriam custos para mantê-los em território nacional, e que o trabalho deles poderia ser feito por agentes do exército ou da defesa civil baiana. A transmissão foi interrompida algumas vezes por ligações do ministro das relações exteriores Carlos França ao presidente, e, segundo Bolsonaro, França teria entrado em contato com seu homólogo na Argentina. De acordo com o presidente, Santiago Cafiero, chanceler argentino, garantiu que a ajuda só será prestada se for acordada com o governo brasileiro, contrariando fala do governador da Bahia, Rui Costa (PT), que disse que aceitaria auxílio de qualquer país apesar da posição diplomática do Itamaraty.

Confira a edição do programa Os Pingos Nos Is desta quinta, 30, na íntegra