Campanha de Lula propõe três debates com presidenciáveis em formato de pool

Emissoras de rádio e televisão propõe ao menos dez encontros entre os candidatos em 45 dias de campanha eleitoral

  • Por Jovem Pan
  • 15/06/2022 19h02
Ricardo Stuckert campanha de lula; movimento vamos juntos pelo brasil Movimento que conta com sete partidos protocolou ofício para Associações Nacionais de rádio e televisão

O movimento ‘Vamos Juntos pelo Brasil‘, que inclui sete partidos e compõe a campanha presidencial de Luís Inácio Lula da Silva, enviou nesta quarta-feira, 15, um ofício para a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (ABERT) e a Associação Nacional de Jornais (ANJ) pedindo pela redução do número de debates nacionais. O ofício sugere apenas três encontros, e não dez como está sendo proposto, organizados em pool (conjunto) pelas emissoras de rádio e televisão, para otimizar o tempo curto da campanha. “Dentro do exíguo período de 45 dias de campanha eleitoral, determinado pela legislação em vigor, tal programação de debates, concentrados na capital de São Paulo, é incompatível com a agenda política e a realização de atos públicos de campanha, que exigem deslocamentos pelas 27 unidades da federação”, explica o ofício. Para o movimento, a redução preservaria a ‘mobilidade dos candidatos para o diálogo democrático e direto com a população e seus aliados regionais’. Assinam a nota os presidentes do PCdoB, PSB, PSOL, PT, PV, Rede e Solidariedade.