CPI da Covid-19 será instalada em 22 ou 27 de abril, diz Pacheco

O presidente do Senado também reiterou que não há a definição oficial dos nomes que ocuparão a presidência, vice-presidência e relatoria da comissão

  • Por Jovem Pan
  • 16/04/2021 15h14 - Atualizado em 16/04/2021 17h47
MATEUS BONOMI/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO'Assim que o presidente e vice-presidente da CPI forem escolhidos, ela será instalada', disse Pacheco

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM) detalhou nesta sexta-feira, 16, os procedimentos necessários para a instalação da CPI da Covid-19. “Como é de conhecimento de todos, a opção da presidência foi instalar uma única Comissão Parlamentar de Inquérito. Além disso, ontem foram definidos os onze titulares e sete suplentes que farão parte da CPI. Agora, eu e o secretário-geral da mesa, Gustavo Sabóia, estamos definindo os procedimentos para a eleição do presidente e vice-presidente da CPI, que só poderá ser instalada após essa escolha”, disse. Segundo Pacheco, para que a comissão seja instalada, os procedimentos para a eleição dos titulares devem ser estipulados o quanto antes. “Na próxima semana teremos o feriado de Tiradentes na quarta-feira, 21, por isso a CPI pode ser instalada na quinta-feira, 22, ou na terça-feira, 27. Esses são os dois dias possíveis. Assim que o presidente e vice-presidente da CPI forem escolhidos, ela será instalada”, afirmou em coletiva de imprensa.

Ainda nesta sexta-feira, 16, correu a informação de que o senador Omar Aziz (PSD) já teria sido escolhido como o presidente da comissão de investigação. Além disso, o senador Randolfe Rodrigues (Rede) foi apontado como o suposto vice-presidente e Renan Calheiros (MDB) como o relator da CPI da Covid. Questionado sobre a definição, Pacheco reiterou que a escolha dos nomes que ocuparão a presidência e vice-presidência da CPI apenas acontecerá por meio de uma eleição. “Minha parte como presidente do Senado é garantir que haja uma sessão reservada para a instalação de uma eleição que definirá adequadamente o presidente e vice-presidente da comissão. A escolha destes titulares caberá aos onze membros da CPI. Assim como a indicação do relator caberá ao presidente eleito. Não haverá nenhuma interferência externa. Por isso, não posso afirmar qual será a escolha dos membros da CPI em relação ao presidente.”