Datafolha: Lula tem 47% das intenções de voto; Bolsonaro, 28%

Ciro Gomes (PDT) aparece na terceira colocação, com 8%; lançada oficialmente pelo MDB e pelo PSDB, Simone Tebet soma 1% das intenções de voto; resultado indica possibilidade de vitória de Lula no primeiro turno

  • Por Jovem Pan
  • 23/06/2022 18h05 - Atualizado em 23/06/2022 18h28
Montagem / Estadão Conteúdo / Agência Câmara Política Eleições 2018 Lula Bolsonaro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou a 48% das intenções de voto, ante 27% do presidente Jair Bolsonaro (PL), o que indica uma diferença de 19 pontos percentuais entre os pré-candidatos que polarizam a disputa presidencial. É o que aponta a pesquisa Datafolha divulgada na tarde desta quinta-feira, 23 – no último levantamento, divulgado no dia 26 de maio, o petista tinha 48%, contra 27% do atual chefe do Executivo federal. Considerando apenas os votos válidos, que exclui brancos e nulos, Lula venceria a eleição no primeiro turno com 53% dos votos. Bolsonaro tem 32%. A contagem regressiva de 100 dias para o pleito começa nesta sexta-feira, 14.

O resultado aponta um cenário de estabilidade, uma vez que as oscilações de Lula e Bolsonaro ocorreram dentro da margem de erro de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) tem 8% das intenções de voto – em maio, o pedetista tinha 7%. Lançada oficialmente pelo MDB e pelo PSDB como candidata da terceira via à Presidência da República, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) tem 1% e aparece numericamente atrás do deputado federal André Janones, do Avante de Minas Gerais, que soma 2%. Pablo Marçal (PROS) e Vera Lúcia (PSTU) têm 1% cada. Felipe d’Avila (Novo), Sofia Manzano (PCB), Leonardo Péricles (UP), Eymael (DC), Luciano Bivar (UB) e General Santos Cruz (Podemos) não pontuaram. Brancos e nulos são 7%; 4% não souberam ou não responderam.

Na pesquisa espontânea, quando o eleitor indica em quem votará sem ser informado sobre o nome dos candidatos, Lula tem 38% das intenções de voto. Bolsonaro, por sua vez, chega a 25%. O Datafolha ouviu 2.556 eleitores em 181 cidades nos dias 22 e 23 de junho. A margem de erro da pesquisa, contratada pelo jornal Folha de S. Paulo e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 09088/2022, é de dois pontos para mais ou menos.,