Deputado de Rondônia defende que policiais usem facões para esquartejar criminosos

Geraldo da Rondônia (PSC) falou sobre o tema durante sessão da Assembleia Legislativa do Estado realizada na terça-feira, 31

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2021 16h03 - Atualizado em 02/09/2021 16h22
Reprodução/Facebook Geraldo da RondôniaDeputado deu declaração enquanto comentava morte de criminoso durante ação da polícia

O deputado estadual de Rondônia Geraldo da Rondônia (PSC) defendeu que policiais utilizem facões para esquartejar criminosos. A afirmação foi feita pelo parlamentar durante uma sessão da assembleia legislativa estadual realizada na terça-feira, 31, quando era comentada a morte de um criminoso durante uma abordagem policial. Ao falar sobre o tema, Geraldo disse que o policial “cancelou o CPF” da vítima, acrescentando que os agentes devem utilizar armas para deixar “os meliantes sem cabeça, braço e perna”. “Cada policial deve não andar só com uma arma, duas armas, [mas também] com um facão. Quando ele tem esse ato de bravura, vai lá e corta a cabeça do meliante. Deixa sem cabeça, sem braço e sem perna. Vamos regulamentar essa lei aqui. Parabéns para esse policial. Agora, sinto muito de ele não andar com um facão bem amolado e cortar a cabeça, os dois braços e as pernas desse meliante”, disse o deputado. A Jovem Pan tentou entrar em contato com a equipe do deputado por meio do e-mail disponibilizado pela Assembleia Legislativa de Rondônia e nas redes sociais de Geraldo, mas não obteve sucesso. A fala do deputado pode ser vista na gravação da sessão plenária, por volta das 4h50m de gravação.

Confira a sessão plenária da assembleia legislativa de Rondônia: