Governadores se reúnem com Pacheco para discutir defesa da democracia e vacinação

Políticos também debateram a retomada do diálogo entre os Poderes e os preços da cesta básica, do combustível e energia elétrica

  • Por Jovem Pan
  • 02/09/2021 15h39
Reprodução/TwitterGovernadores se reuniram com Pacheco nesta quinta-feira

Governadores de seis Estados se reuniram nesta quinta-feira, 2, com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) para discutir a defesa da democracia, a vacinação contra a Covid-19 e a situação econômica do país. Participaram do encontro os governadores do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), do Pará, Helder Barbalho (MDB), de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), do Piauí, Wellington Dias (PT), e Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB). Durante a reunião, os políticos também discutiram a retomada do diálogo entre os Poderes e a necessidade de distensionar o clima de instabilidade institucional. “Não se negocia a democracia. O Estado de direto é inegociável. A preservação do Estado de direito, da democracia deve ser sempre considerada como um ativo nacional para termos uma evolução do país e construirmos uma sociedade mais justa”, afirmou Pacheco.

Por meio de suas redes sociais, Ibaneis Rocha afirmou que os governadores manifestaram preocupação com os contratos de vacinação, que vencem neste mês. “Queremos evitar a corrida de estados e municípios pela vacina”, escreveu. Os políticos também pediram ajuda do presidente do Congresso para frear o aumento de preços de combustíveis, da cesta básica e da energia, além de discutirem a reforma do Imposto de Renda e a PEC dos Precatórios. Na ocasião, o presidente do Senado disse que o inimigo é o preço do feijão, da gasolina e da luz. “Temos que discutir isso no Brasil e não perdermos tempo com aquilo que não convém”, declarou.

*Com informações da Agência Senado