Dino e Gonet são aprovados pela CCJ do Senado; indicações vão ao plenário

Ministro da Justiça recebeu 17 de 27 votos favoráveis, enquanto subprocurador teve o aval de 23 integrantes da comissão

  • Por Jovem Pan
  • 13/12/2023 20h14 - Atualizado em 13/12/2023 20h16
TON MOLINA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO dino e gonet Ministro Flávio Dino, Paulo Gonet e Senador Davi Alcolumbre durante Sabatina

O ministro da Justiça, Flávio Dino, foi aprovado para ocupar o cargo de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) por 17 votos favoráveis de 27 parlamentares nesta quarta-feira, 13,  pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado Federal. O procurador-geral eleitoral interino, Paulo Gonet, que participou de forma simultânea da sabatina da CCJ, obteve 23 votos favoráveis de 27 membros da comissão, para ocupar o cargo máximo na Procuradoria-Geral da República (PGR). Agora, as indicações seguem para o plenário do Senado. Para serem aprovados para assumirem os cargos, os indicados devem obter 41 votos favoráveis do 81 senadores.

 

 

 

 

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.