AO VIVO: Boca de urna do Ibope em SP indica Covas com 33% e Boulos com 25%

Siga a cobertura e as principais informações do primeiro turno das eleições para prefeito e vereador

  • Por Jovem Pan
  • 15/11/2020 07h00 - Atualizado em 15/11/2020 19h23
ANDRÉ LESSA/ESTADÃO CONTEÚDO Movimento na escola Olavo Pezzoti, na Vila Madalena, durante a votação para o segundo turno das Eleições Municipais de 2008 em São Paulo - 26/10/2008

Neste domingo, 15 de novembro, 148 milhões de brasileiros vão às urnas para escolher os próximos prefeitos e vereadores de suas cidades. As eleições de 2020 contam com mais de 557 mil candidatos disputando cargos no Executivo e nas câmaras municipais. Neste ano, as seções eleitorais estarão abertas das 7h às 17h – com uma hora a mais no horário de votação em relação aos anos anteriores, devido à pandemia da Covid-19. O objetivo é garantir a segurança dos eleitores para diminuir aglomerações nas zonas eleitorais. Confira abaixo a cobertura especial da Jovem Pan e as principais informações do primeiro turno das eleições municipais para prefeito e vereador em todo o Brasil.

19:10 – Acompanhe a apuração dos votos em tempo real

Com o encerramento da votação às 19h em todo o Brasil, apuração dos votos em tempo real pode ser acompanhada por meio deste link. Em São Paulo, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) garantiu que a votação foi tranquila e sem registro de graves incidentes. Os resultados em São Paulo devem sair até 21h. O sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no entanto, apresenta lentidão na contagem dos votos.


17:31 – Gean caminha para reeleição em Florianópolis

Com 77,04% das seções totalizada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra Gean Loureiro (DEM) reeleito em primeiro turno em Florianópolis (SC). A capital deve ser a primeira do Brasil a ter o resultado da eleição para prefeito. Professor Elson (PSOL) está em segundo lugar, com 18,09% dos votos.

17:09 – Ibope: Boca de urna indica possível 2º turno entre João Campos e Marília Arraes em Recife

O Ibope publicou na tarde deste domingo, 15, a primeira pesquisa de boca de urna da eleição municipal de Recife (PE). A pesquisa indica a possibilidade de um segundo turno entre João Campos (PSB), que registra 35% dos votos válidos, e Marília Arraes (PT), com 30%. Mendonça Filho (DEM) tem 19% e Delegada Patrícia (Podemos) tem 12%. Carlos (PSL), Charbel (Novo), Coronel Feitosa (PSC) e Thiago Santos (UP) somam 1% cada. Claudia Ribeiro (PSTU), Marco Aurélio Meu Amigo (PRTB) e Victor Assis (PCO) aparecem com 0% de votos válidos. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. 4 mil eleitores foram entrevistados.


17:07 – Ibope: No Rio, Boca de urna mostra Paes com 39% e Crivella com 20%

O Ibope publicou na tarde deste domingo, 15, a primeira pesquisa de boca de urna da eleição municipal do Rio de Janeiro. O levantamento mostra um segundo turno entre Eduardo Paes (DEM), com 39% dos votos válidos, e Marcelo Crivella (Republicanos), com 20%. Benedita da Silva (PT) soma 14% e Delegada Martha Rocha (PDT), 11%. Luiz Lima (PSL) aparece com 6%. Renata Souza (PSOL) registra 4%. Bandeira de Mello (Rede) e Paulo Messina (MDB) têm 2% cada. Clarissa Garotinho (Pros) e Fred Luz (Novo) obtiveram 1% cada um. Cyro Garcia (PSTU), Glória Heloiza (PSC), Henrique Simonard (PCO) e Suêd Haidar (PMB) aparecem com 0% de votos válidos. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. 5.000 eleitores foram entrevistados.


17:05 – Ibope: Boca de urna mostra Covas com 33% dos votos válidos e Boulos com 25%

O Ibope publicou na tarde deste domingo, 15, a primeira pesquisa de boca de urna da eleição municipal de São Paulo. Bruno Covas (PSDB) aparece na liderança com 33% dos votos válidos. Em seguida, Guilherme Boulos (PSOL) aparece no segundo turno com Covas, com 25%. Márcio França (PSB) soma 13%. Arthur do Val Mamãe Falei (PATRIOTA), Celso Russomanno (Republicanos) e Jilmar Tatto (PT) aparecem com 8% cada um. Joice Hasselmann (PSL) registra 2% dos votos válidos. Andrea Matarazzo (PSD), Levy Fidelix (PRTB), Marina Helou (REDE) obtiveram 1% cada. Antônio Carlos (PCO), Orlando Silva (PCdoB) e Vera (PSTU) tiveram menos de 1%. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. 6.000 eleitores foram entrevistados.


17:00 – Urnas são fechadas em boa parte do Brasil

As urnas eleitorais foram fechadas às 17:00 pelo horário de Brasília, encerrando as eleições 2020 nos estados do Sul, Sudeste e Nordeste. As urnas ficaram abertas das 7h as 17h (considerando o horário local). No Acre, as urnas fecham às 19:00, segundo o horário de Brasília. Amazonas e estados do Centro-Oeste fecham às 18:00.


16:10 – Rio de Janeiro – Luciano Huck vota e exalta importância de eleger prefeitos e vereadores

Apontado como um dos possíveis candidatos à Presidência em 2022, o apresentador e empresário Luciano Huck votou nesta manhã, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. No Instagram, ele afirmou que a votação foi tranquila e respeitou os protocolos de segurança. “Foi super tranquilo, votei agora pela manhã. Se a gente não fizer a nossa parte agora, acabamos pagando por isso durante quatro anos. Prefeitos e vereadores são responsáveis por temas essenciais no nosso dia a dia. É um trabalho super complexo que exige competência e muito compromisso”, disse.


15:37 – Eleitor tem 60 dias para justificar caso não consiga por problemas com e-Título

O eleitor que não conseguir justificar o voto por causa de problema de instabilidade no aplicativo e-Título terá os próximos 60 dias para fazer a justificativa. Será possível realizá-la pelo site do TSE, pelo aplicativo – que continuará disponível – ou em um cartório eleitoral. Caso contrário, o eleitor terá de pagar multa de R$ 3,51 por cada turno.


15:05 – Ministério da Justiça registra morte de um candidato e outras quatro tentativas de homicídio

Um candidato foi morto e quatro sofreram tentativa de homicídio neste domingo, 15, dia do primeiro turno de votações das eleições municipais de 2020. Até às 15h, de acordo com boletim divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, 72 candidatos e 715 eleitores foram presos, além de 18 menores de idade apreendidos. A polícia registrou, ainda, 471 bocas de urna, 224 compras de voto, 44 concentrações de eleitores, e 178 desobediências às ordens da Justiça Eleitoral. Houve, ainda, 15 furtos, oito homicídios, oito homicídios tentados, 40 lesões corporais, 16 portes ilegais de armas de fogo e 18 roubos.


15:00 – Brasília – Barroso nega vazamento após ataque: ‘Totalmente neutralizado’

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Roberto Barroso, negou que tenha havido ataque com vazamento de informações sobre servidores. “Nada ocorreu hoje nem tampouco nos últimos dias relativamente a ataques”, afirmou. De acordo o presidente do TSE, não houve ataque bem sucedido hoje. “Nós temos muitas razões para supor que essas informações vazadas se refiram a ataques antigos”, disse. Ele relembrou que as urnas já estavam devidamente carregadas e que estão todas elas fora de rede. Barroso explicou que os eventuais ataques cibernéticos “não têm o condão de afetar o processo de votação porque as urnas não funcionam em rede”. “Houve uma tentativa de ataque hoje, com grande volume de tentativas de acessos simultâneos, foi totalmente neutralizado pelo TSE e pelas operadoras de telefonia e, portanto, também sem qualquer repercussão sobre o processo de votação”, completou. Ainda segundo Barroso, ataque foi direcionado ao sistema como um todo e não ao e-título especificamente


14:42 – Brasília – Barroso sobre votações: ‘Tudo está assustadoramente normal’

Em pronunciamento para a imprensa, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Roberto Barroso, afirmou que “tudo está assustadoramente normal em toda parte do Brasil”. Segundo ele, 1700 urnas precisaram ser substituídas, mas todas tinham material de reposição. O número representa 0,38% do total. Foram 252 ocorrências no país, sendo 30 envolvendo candidatos, que foram presos. O e-Título teve 3 milhões de downloads de sábado para domingo. O motivo de instabilidade seria a quantidade de acessos ao aplicativo, que também está sendo utilizado para o preenchimento do formulário de justificativa do voto.


14:38 – Brasília – Barroso explica possibilidade de eleições online em 2022

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luis Roberto Barroso, comentou sobre o projeto Eleições do Futuro, no qual 31 empresas de tecnologia apresentaram novos modelos de urna eletrônica ao TSE, em Valparaíso (GO). Barroso explicou que as urnas têm um custo elevado e uma necessidade de reposição constante, a cada dois anos. É um gasto de quase 1 bilhão de reais, por isso a possibilidade de votação via internet está sendo estudada.”Tudo é puramente especulativo. Uma eventual substituição das urnas terá que ser progressiva”, disse.


 14h30: Justiça manda suspender conta de Oswaldo Eustáquio após vídeo contra Boulos

Decisão veio após a campanha do candidato à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL) entrar com ação acusando o youtuber de propagar de fake news. Blogueiro afirma que candidato do PSOL lavou dinheiro por meio da contratação de empresas falsas.


13:40 – Eleitores fazem filas sem respeitar distanciamento

Apesar de todas as recomendações para reduzir o risco de contaminação, diversas zonas eleitorais do país registram filas e aglomerações, em meio à pandemia do novo coronavírus. Conforme o número de eleitores cresce, as filas tornam-se mais compactas sem o respeito à distância. Como no caso desse colégio eleitoral da foto abaixo no Rio de Janeiro.

Eleitores fazem fila sem distanciamento em zona eleitoral do Rio de Janeiro – EFE/Antonio Lacerda


13h10 – São Paulo – Joice Hasselmann vota na Zona Sul, em SP

A candidata à Prefeitura de São Paulo, Joice Hasselmann (PSL), votou no bairro do Paraíso, zona sul paulistana. O vice Ivan Leão Sayeg a acompanhou durante voto. Sobre um segundo turno sem ela, Joice comentou que vai esperar para comentar, que é cedo para falar, “mas o quadro é de tragédia”. “Tem de esperar para ver se a gente vai para o ruim, o pior ou se bate em todo mundo”, comentou.


13:08 – São Paulo – Jilmar Tatto vota na Zona Sul, em SP

O candidato à Prefeitura de São Paulo, Jilmar Tatto, vota na Escola Estadual Professor Giulio David Leone, na Zona Sul de São Paulo. Ao contrário dos anos anteriores, o candidato do PT não se destacou nas pesquisas de intenção de voto.


12h33 – Rio de Janeiro – Rodrigo Maia vota no Rio

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, votou na manhã deste domingo (15) na Escola Municipal Professora Zuleika Nunes de Alencar, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Na saída, ele falou sobre os candidatos de Jair Bolsonaro não terem apresentado a mesma força nas pesquisas de intenção de voto neste ano como em 2018.


12:26 – São Paulo – Orlando Silva vota na região da Paulista, em SP

Após participar de uma roda de oração no Jardim São Luís, Orlando Silva votou no Colégio Maria Imaculada, no Paraíso, com os filhos. No final da tarde, Orlando se encontrará com a equipe e ativistas para acompanhar a divulgação dos resultados no comitê da campanha, na República.


12:15 – 923 urnas eletrônicas são substituídas, diz TSE

O segundo boletim divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), mostra que 923 urnas eletrônicas já foram substituídas no Brasil. Ao todo, foram 160 em São Paulo, 142 no Rio de Janeiro e 112 no Rio Grande do Sul, os três estados com mais ocorrências. Apenas o Amapá, Piauí e Tocantins não registram ocorrências de substituições. O resultado representa 0,2% dos 400.257 equipamentos em funcionamento no país.


11:53 – Ministério da Justiça registra incêndios, manifestações e três homicídios

Segundo novo boletim do Ministério da Justiça e Segurança Pública, 195 “crimes comuns relacionados às eleições” já foram cometidos, sendo 78 ameaças, 12 furtos, três homicídios, sete tentativas de homicídio, 34 casos de lesão corporal, 12 portes ilegais de arma de fogo, 17 roubos e 32 casos de ameaça a integridade física sem lesões corporais. Os crimes contra candidatos incluem quatro tentativas de homicídio, quatro casos de lesão corporal contra concorrentes ao pleito municipais e também 16 ameaças. Entre as ocorrências de crimes eleitorais foram 118 bocas de urna, 128 compras de votos, 37 crimes de concentração de eleitores, um de dano à urna de votação, 85 de desobediência às ordens da Justiça Eleitoral; 10 de desordem “que prejudique os trabalhos eleitorais”, três de falsidade ideológica; 22 casos de fake news, dois de impedimento ao exercício do voto e 12 de transporte de eleitores. Além disso, foram também registrados casos de desinformação sobre o processo eleitoral, bloqueios de vias, falta de energia elétrica, quatro incêndios e oito manifestações. Ao todo, são 801 ocorrências em todo o país até às 11h, segundo boletim.


11:46 – Rio de Janeiro – TRE-RJ e Polícia Militar flagram compra de votos em Búzios

Fiscais do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), em operação conjunta com a Polícia Militar, flagraram ocorrência de compra de votos no bairro de São José, em Armação dos Búzios, na Região dos Lagos. Na ação, Anderson Neves Machado foi preso quando dirigia um automóvel em que foram encontrados R$ 6,2 mil em espécie, folha de anotações com o escrito “boca de urna” e material de campanha do candidato Alexandre Martins (Republicanos).


11:37 – São Paulo – Prefeito Bruno Covas vota  em SP

O atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas, vota no Colégio Vera Cruz, em São Paulo. Mais cedo, ele acompanhou a ex-prefeita Marta Suplicy, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o governador João Doria. Covas lidera as pesquisas de intenção de voto no município. Após o voto, Bruno Covas falou com a imprensa. “Acabo de exercer meu direito democrático ao voto. Muito feliz, muito confiante, muito animado. Queria agradecer a generosidade da população que me recebeu em todos os cantos com mensagem de carinho, muito respeito.” Ele disse estar muito feliz com a posição nas últimas pesquisas, mas que isso não substitui a eleição. “É no dia de hoje que paulistanas e paulistanos estão se dirigindo às seções para, de forma soberana, dizer o que vai acontecer com a cidade nos próximos 4 anos”, completou. Em caso de 2º turno, ele disse que não tem preferência por enfrentar algum candidato específico. “Time que quer ganhar Copa do Mundo não escolhe adversário.”


11:10 – São Paulo – Russomanno vota no Morumbi, em SP

Celso Russomanno vota em escola localizada no bairro Morumbi, em São Paulo. Candidato do Republicanos afirmou acreditar que estará no segundo turno e é capaz de conduzir a capital paulista. O deputado federal, que está usando uma máscara com a bandeira do Brasil, estava acompanhado de sua esposa e do vice Marcos da Costa. O jornalista tem 64 anos e disputa a Prefeitura de São Paulo pela terceira vez.


11:05 – São Paulo – João Doria vota no Jardim Europa, em SP

O governador do Estado de São Paulo, João Doria, vota em um colégio particular no Jardim Europa, na região central da cidade. Ele seguiu a pé, da sua casa, até o local do votação. Doria está acompanhado da esposa, Bia Doria, e do candidato à reeleição, Bruno Covas.


10:36 – São Paulo – Guilherme Boulos vota na PUC, em SP

Guilherme Boulos (PSOL) vota na zona oeste de São Paulo, na PUC-SP, segundo maior colégio eleitoral da capital. O candidato está acompanhado das suas duas filhas e da sua esposa. A vice Luiza Erundina, que é do grupo de risco da Covid-19, não estava ao lado de Boulos. A filha do Boulos digitou o voto com pai. No final, o candidato e sua esposa fizeram o símbolo de um “V” de vitória.


10:34 – São Paulo – Márcio França vota no Itaim Bibi

O candidato à Prefeitura de São Paulo, Márcio França, vota no bairro do Itaim Bibi em São Paulo. De acordo com as pesquisas de intenção de voto, o candidato do PSB, de 57 anos, tem chances de ir para um possível 2º turno.


10:30 – TSE: 431 urnas eletrônicas são substituídas em todo o país

Segundo primeiro boletim do TSE,  431 urnas eletrônicas já foram substituídas em todo o país. O número representa 0,10% dos mais de 400 mil equipamentos em funcionamento. O Tribunal informa que há cerca de 52 mil urnas disponíveis para possíveis novas substituições. Entre os estados com mais incidências de casos são São Paulo, Rio de Janeiro, Rio grande do Sul, Pernambuco, Paraná, Ceará e Santa Catarina.


10:29 – Rio de Janeiro – Eduardo Paes vota na Zona Oeste do RJ

O ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, vota no Gavea Golf Clube, no Rio de Janeiro. Acompanhado dos filhos e da esposa, o candidato do DEM tenta voltar ao cargo depois de ter perdido a eleição ao governo do Estado em 2018 para Wilson Witzel. Paes lidera as pesqusias de intenção de voto na cidade.


10:21 – São Paulo – Ex-presidente FHC vota em Higienópolis, em SP

O ex-presidente da República, Fernando Henrique Cardoso, vota em um colégio particular no bairro de Higienópolis, em São Paulo. Acompanhado do atual prefeito da cidade, Bruno Covas, ele falou com a imprensa. “Principal recado desta eleição é manter a democracia. É muito importante isso. Só quem sofreu as agruras da falta de liberdade sabe como a liberdade é boa. Quem está no governo tem que olhar para os problemas da população, não da família.”


10:09 – Rio de Janeiro – Jair Bolsonaro vota na capital fluminense

O presidente Jair Bolsonaro vota na Escola Municipal Rosa da Fonseca, que fica dentro da Vila Militar, em Deodoro, no Rio de Janeiro. Antes de ir às urnas, ele parou para conversar com apoiadores. Ele saiu de Brasília por volta das 7h30 e chegou ao Estado às 9h36.


10:08 – Minas Gerais – Alexandre Kalil vota em Belo Horizonte

O atual prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil, votou na capital mineira. Ele falou com a imprensa: “Vamos esperar o resultado. Se for eu, serei eu. Se for outro, será outro.” Kalil tem mais de 60% das intenções de voto e pode ser reeleito ainda em 1º turno.


10:07 – Minas Gerais – Três candidatos são presos por despeito a legislação eleitoral

Três candidatos de Minas Gerais foram presos neste domingo. Desses, dois foram flagrados jogando panfletos nas ruas, o que é considerado crime eleitoral pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e um terceiro homem foi flagrado usando um alto-falantes e amplificadores de som em um local próximo a uma seção de votação. Segundo boletim do TSE, houve uma quarta ocorrência com um candidato no Espírito Santo, mas sem prisão. No total, foram registradas nove ocorrências pelo Tribunal. Sendo uma na Bahia, uma no Espírito Santo, cinco em Minas Gerais, duas no Mato Grosso do Sul e uma no Paraná.


10:00 – Mudanças em locais de votação causam aglomerações

As alterações dos locais de votação causam aglomerações e demora em seções eleitorais pelo país. Em Goiânia, mesmo com a abertura pontual dos portões às 7h, a transferências dos locais traz longas filas de espera e desistência de parte dos eleitores.


9:55 – Eleitora é impedida de votar por não usar máscara

Em entrevista à Jovem Pan, o prefeito de Campinas Jonas Donizete relata que uma pessoa foi impedida de votar no município por falta do uso de máscara. Pela pandemia da Covid-19, neste ano, o uso do item de proteção é obrigatório. Segundo Donizete, que também é presidente da Frente Nacional de Prefeitos, mesmo com a ocorrência a votação segue tranquila no município.


9:47 – São Paulo – Lula vota em São Bernardo do Campo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva votou na manhã deste domingo (15) em São Bernardo do Campo, acompanhado do também petista e candidato no município Luiz Marinho. Lula falou com a imprensa sobre o legado no PT, o presidente Jair Bolsonaro e a expectativa do partido de voltar a angariar votos.


9:46 – PF cumpre operação Voo da Madrugada contra “derramamento” dos santinhos

Polícia Federal (PF) cumpre neste domingo, 15, a operação Voo da Madrugada. O objetivo da ação é combater a prática de “derramamento” dos tradicionais santinhos eleitorais no dia do pleito municipal 2020, que acontece em mais de cinco mil municípios brasileiros. Segundo informações da PF, 30 pessoas foram presas e tiveram os materiais de campanha apreendidos. A prática é considerada crime de propaganda eleitoral irregular, já que a legislação permite a distribuição de material de campanha até a véspera da eleição, e possível crime ambiental.


9:36 – Rio de Janeiro – Jair Bolsonaro chega ao RJ para votar

O presidente da República, Jair Bolsonaro, chegou ao Rio de Janeiro para votar. Ele saiu do Palácio da Alvorada, em Brasília, às 7h30. A previsão é de que ele esteja na Escola Municipal Rosa da Fonseca, que fica dentro da Vila Militar, em Deodoro, onde vota, entre 10h e 10h15.


9:26 – São Paulo – Marta Suplicy vota no Jardim Paulistano, em SP

A ex-prefeita Marta Suplicy vota no Jardim Paulistano, em São Paulo. Acompanhada de Bruno Covas, ela elogiou o atual prefeito por “agregar muita gente que nunca votou no PSDB” e classificou o candidato como alguém capaz de juntar o centro, a esquerda e a direita. “Bruno é uma pessoa que conversa com todos. Estou sensibilizada de terem entendido o meu movimento a favor do Brasil e da cidade”, disse.


9:25 – São Paulo – 79 urnas são substituídas

Segundo informações do primeiro boletim do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), 79 urnas já foram substituídas em todo o estado, sendo 31 na capital paulista. O número representa menos de 0,01% dos 85.715 equipamentos distribuídos. O Tribunal informa que todos os locais receberam novas urnas eletrônicas para substituição.


9:13 – São Paulo – Bruno Covas acompanha voto de Marta Suplicy

O atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas, chega na casa ex-prefeita Marta Suplicy por volta das 8h40. Eles tomaram café da manhã juntos. Covas estava acompanhado do irmão Gustavo e não se pronunciou. Por volta das 9h10, ele e Marta saíram rumo ao Colégio Madre Alix, no Jardim Paulistano — onde fica a seção eleitoral da ex-prefeita.


9:00 – e-Título regista instabilidade

A área técnica do TSE informa instabilidade momentânea no uso do e-Título em razão do excesso de acessos. Caso o eleitor tenha alguma dificuldade, a orientação é fazer novamente em alguns minutos. Cerca de 400 mil eleitores já justificaram ausência pelo aplicativo.


8:54 – Rio de Janeiro – Benedita da Silva vota na Zona Sul do Rio

A candidata à Prefeitura do Rio de Janeiro, Benedita da Silva, vota em seção eleitoral no Leme, na Zona Sul da capital fluminense. Concorrente ao cargo pelo Partido dos Trabalhadores (PT), ela saiu da urna fazendo sinal de positivo com as mãos. Benedita, de 78 anos, já foi vereadora e vice-governadora do estado.


8:53 – Rio de Janeiro – Marcelo Crivella vota na Zona Oeste do Rio

O atual prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, vota em um colégio na Barra da Tijuca, na Zona Oeste da cidade, acompanhado da esposa e do filho. Ele busca uma vaga no segundo turno para tentar se reeleger.


8:45 – São Paulo – Bruno Covas chega na casa de Marta Suplicy

O atual prefeito de São Paulo, Bruno Covas, chega na casa ex-prefeita Marta Suplicy. Eles devem tomar café da manhã juntos. Ele estava acompanhado do irmão Gustavo e não se pronunciou. Depois, Covas deve acompanhar o voto de Marta no Jardim Paulistano, em São Paulo.


8:36 – Ministério da Justiça registra duas tentativas de homicídio contra candidatos 

Boletim divulgado pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, traz novas atualizações sobre as ocorrências e crimes eleitorais. Segundo o documento, entre os crimes comuns relacionados às eleições, foram identificadas seis ameaças, um furto, um homicídio, duas tentativas de homicídio, 12 casos de lesão corporal, seis portes ilegais de arma de fogo, dois roubos e 12 casos de ameaça a integridade física sem lesões corporais. Os crimes contra candidatos envolvem duas tentativas de homicídio, dois casos de lesão corporal contra concorrentes ao pleito municipais e também seis ameaças. Já entre os casos de crimes eleitorais foram 17 bocas de urna, 31 ocorrências de compra de votos, oito concentração de eleitores, 15 de desobediência às ordens da Justiça Eleitoral; falsidade ideológica; oito casos de fake news e três de transporte de eleitores. Ao todo, são 186 ocorrências registradas em todo o país até às 7h, segundo boletim.


7:50 – Primeiras ocorrências 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) divulgou as primeiras ocorrências e crimes eleitorais. De 0h às 7h deste domingo, 15, seis crimes de ameaça, dois atentados de homicídio e duas tentativas de lesão corporal foram identificadas. Além disso, há registro de cinco crimes de boca de urna, 30 de compras de voto, 11 de desobediência e três de desordem. Ao todo, 17 armas, 32 veículos, 2.853 materiais de campanha e mais de R$ 78 mil foram apreendidos nestas primeiras sete horas.


7:44 – Moro se manifesta nas redes sociais

O ex-ministro da Justiça Sergio Moro postou, em em seu Twitter, uma mensagem aos eleitores na manhã desta domingo (15). “É simbólico que a eleição deste 15/11 ocorra no mesmo dia do aniversário da República. O eleitor é responsável pelo que vai acontecer nos próximos 4 anos. Escolha candidatos íntegros e comprometidos com uma gestão honesta e que beneficie a todos, sem discurso de ódio. Vote consciente!”, disse.


7:22 – São Paulo – Ex-presidente Michel Temer vota em SP

Ex-presidente da República Michel Temer vota na Pontifícia Universidade Católica (PUC), em São Paulo. Temer faz parte do grupo de risco e aproveitou a abertura das urnas para ir ao colégio eleitoral. Ele foi o primeiro a votar na sua seção e, apesar de não abrir o voto, disse que “exerceu a democracia” e torce para que “vença o melhor”. 


7:05 – São Paulo – Covas está na liderança com 38% das intenções de votos

Na noite deste sábado, 14, o Ibope divulgou novo levantamento que aponta o prefeito Bruno Covas, candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, com 38% das intenções de voto. Na segunda colocação, aparece Guilherme Boulos (PSOL), com 16%. Celso Russomanno (Republicanos) tem 13%, e o ex-governador do Estado de São Paulo Márcio França (PSB) também tem 13%.


7:03 – Veja o que levar e o que não levar para votar

O eleitor deve comparecer à sua seção eleitoral levando um documento oficial com foto, máscara e a própria caneta para assinar o caderno de votação – evitando o compartilhamento de objetos e a disseminação do novo coronavírus. O eleitor também pode levar a cola com os números de seus candidatos. Vale lembrar que não é permitido portar o aparelho celular dentro da cabine de votação. Também são proibidas máquinas fotográficas, filmadoras ou quaisquer instrumentos que possam comprometer o sigilo do voto.


7:00 – Votação iniciada no país

As seções eleitorais já foram abertas no país e os eleitores começaram a registrar o seu voto para a escolha de prefeitos e vereadores. O horário neste ano foi ampliado por causa da pandemia da Covid-19. Para evitar aglomerações, a Justiça Eleitoral determinou que o eleitor poderá comparecer às urnas de 7h às 17h. O período entre 7h e 10h será preferencial para os idosos.


6:48 – Eleitores fazem filas antes da votação

Antes mesmo da abertura dos colégios eleitorais, eleitores já fazem filas nas principais seções eleitorais do país. Rio de Janeiro e Salvador estão entre as capitais que registraram o início de filas para a votação deste domingo, 15. A cidade de Guarulhos, na Grande São Paulo, também já tem registros de espera nos locais. Respeitando o distanciamento social, os eleitores, principalmente idosos, aguardam para iniciar a votação, que começa às 7h.