David Almeida desbanca Amazonino Mendes na apertada eleição de Manaus

Candidato à prefeitura da capital amazonense pela primeira vez, político do Avante é eleito com 51,24% dos votos

  • Por Jovem Pan
  • 29/11/2020 18h55 - Atualizado em 29/11/2020 19h29
Sandro Pereira/Estadão Conteúdo - 9.mai.;David Almeida, do Avante, é o novo prefeito de Manaus

A eleição à Prefeitura de Manaus (AM) foi vencida por David Alemida (Avante), 51, por uma diferença de apenas 2,54 pontos percentuais. O vencedor do pleito recebeu 51,27% dos votos válidos contra 48,73% do seu adversário, o experiente Amazonino Mendes (Podemos), 80, ex-governador do Amazonas e ex-prefeito de capital do estado. Embora já tenha ocupado o Palácio Rio Negro para um mandato interino de cinco meses como governador em 2017, após a cassação da chapa de José Melo de Oliveira, Almeida viverá seu principal desafio neste mandato em Manaus. Foi a primeira vez que ele se candidatou para um cargo executivo.

O primeiro turno na capital do Amazonas já havia sido acirrado. Amazonino ficou em primeiro lugar com 23,91% dos votos válidos. David Almeida conseguiu sua vaga no segundo turno com 22,36%. Zé Ricardo (PT), com 14,29%, Ricardo Nicolau (PSD), 12,08%, Coronel Menezes (Patriota), 11,32%, Capitão Alberto Neto (Republicanos), 7,82%, Alfredo Nascimento (PL), 3,23%, e Romero Reis (Novo), 2,98%, vieram na sequência. Marcelo Amil (PCdoB) e Gilberto Vasconcelos (PSTU) tiveram menos de 1%. Chico Preto (DC) alcançou 1,65%, mas o votos foram “anulados sob judice”, ou seja, não puderam ser contabilizados após o resultado do pleito.