‘Jamais vou exigir o passaporte da vacina’, diz Bolsonaro a apoiadores

Presidente culpou governadores e prefeitos pela exigência do comprovante de vacinação

  • Por Jovem Pan
  • 08/12/2021 15h51 - Atualizado em 08/12/2021 15h54
WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDOPresidente Jair Bolsonaro voltou a criticar passaporte da vacina

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou nesta quarta-feira, 8, em conversa com apoiadores, que “jamais” vai exigir o passaporte da vacina contra a Covid-19 no país. “O Supremo deu poderes para governadores e prefeitos, né? Eu falo da minha linha. Eu não fechei nenhum botequim. Jamais vou exigir o passaporte de vacina de vocês”, disse. O presidente deu a declaração após ouvir uma apoiadora reclamar da exigência do comprovante da vacina no Pará. “Não queiram que a gente resolva todos esses problemas. Eles [governadores e prefeitos] estão com autoridade para tal. Por ocasião das eleições, cobra do cara como vai ser o comportamento desse possível candidato no futuro”, completou.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou notas técnicas recomendando que o governo federal adote a exigência de vacinação para entrar no país. O ministro Luís Roberto Barroso, do STF, também pediu que o Planalto explique porque não adotou a medida. Nesta terça-feira, 7, o Ministério da Saúde anunciou que vai passar a exigir quarentena de 5 dias para pessoas não vacinadas que queiram entrar no Brasil. O teste RT-PCR negativo também continua sendo obrigatório.