Joaquim Barbosa afirma que Lula é um ‘conservador à la carte’

Ex-ministro do STF usou redes sociais para criticar sistema político do Brasil; ele também criticou o Congresso e afirmou que país é ‘acéfalo’ em questões sociais

  • Por da Redação
  • 24/06/2024 19h15
FELIPE RAU/ESTADÃO CONTEÚDO - 05/10/2017 Joaquim Barbosa, ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), comparece na palestra proferida pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, no Fórum Cidadão Global Joaquim Barbosa, ex-ministro do STF, em palestra de Barack Obama no Fórum Cidadão Global, em São Paulo

O ex-ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa usou suas redes sociais nesta segunda-feira (24) para tecer algumas críticas ao sistema político brasileiro, inclundo o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a quem apoiou nas eleições de 2022. Barbosa afirmou que Lula é “omisso em muitas questões” e o chamou de conservador “à la carte”. Além disso, o ex-membro do Supremo criticou a capacidade do presidente de liderar o país, sem especificar áreas. A declaração de Barbosa ocorre em meio a uma crise na articulação política do governo e derrotas no Congresso Nacional. Barbosa também criticou o Legislativo, chamando-o de retrógrado e omisso, e afirmou que o país é “acéfalo” em questões sociais.

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Segundo Joaquim Barbosa, o poder de liderança presidencial poderia ser usado para avançar em pautas importantes. Em outubro de 2022, o ex-ministro havia elogiado Lula pela vitória nas eleições, destacando a importância da democracia e da civilidade. Ele foi indicado ao STF pelo próprio petista, em 2003. No entanto, depois virou uma espécie de antagonista do petista e de seus aliados, quando presidiu a Corte e foi relator do processo do mensalão. Aposentou-se em 2014 e, em 2018, foi cotado para a presidência pelo PSB, mas não concorreu.

Veja as críticas de Joaquim Barbosa no X

Publicada por Felipe Cerqueira

*Reportagem produzida com auxílio de IA

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.