Maluf é condenado a pagar quase R$ 3 milhões por improbidade administrativa

Justiça de São Paulo julgou o político por manobras irregulares nas contas públicas enquanto esteve no comando da cidade de São Paulo

  • Por Jovem Pan
  • 04/07/2022 18h17
Dida Sampaio/Estadão Conteúdo Paulo Maluf Ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf foi condenado pela Justiça paulista a pagar uma indenização milionária

O ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf, foi condenado pela Justiça de São Paulo nesta segunda-feira, 4, a pagar uma multa de R$ 2,87 milhões por improbidade administrativa. O processo refere-se ao ano de 1996 e acusa o político de realizar manobras orçamentárias consideradas ilegais para que gastos extras fossem justificados. Enquanto esteve à frente do comando da capital paulista, no período, Maluf teria se utilizado de artifícios contábeis para projetar uma arrecadação de impostos maior do que a realizada de maneira orgânica. No mês de maio deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para negar um indulto humanitário solicitado pela defesa de Paulo Maluf.