MDB do Rio de Janeiro abandona Tebet e apoiará Lula nas eleições

Diretório estadual do partido aprovou por unanimidade moção que sela apoio ao petista; para o governo estadual, sigla indicou Washington Reis para vice na chapa de Cláudio Castro, do PL

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2022 17h18
ROBERTO SUNGI/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Lula discursando em evento em Diadema Lula permanece em primeiro lugar em todas as pesquisas de intenção de voto para as eleições de 2022

O diretório do MDB do Rio de Janeiro aprovou nesta quinta-feira, 4, o apoio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na corrida presidencial deste ano. Com isso, o diretório abandona Simone Tebet, candidata oficial do partido à Presidência da República. A informação foi confirmada pela Jovem Pan junto ao partido. A decisão foi aprovada por unanimidade, contando, inclusive, com o voto de Moreira Franco, ex-governador, ex-ministro de Michel Temer e um dos principais nomes do partido no Estado. O diretório fluminense foi um dos 11 que se reuniram com o petista no final do mês de julho e indicaram apoio a ele. No Estado, a sigla é comandada pelo ex-deputado Leonardo Picciani, filho do ex-presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) Jorge Picciani. Na moção de apoio escrita pelo partido, Lula é classificado como “o mais qualificado entre todos para governar”.

“A gravidade especial do momento, não qualquer desmerecimento à candidatura posta pelo MDB, nos impõe já no primeiro turno das eleições apoiar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o mais qualificado entre todos para governar nos termos e condições que expusemos acima”, diz um trecho do documento, citando o fortalecimento das instituições, a retomada do papel do Estado e a promoção de um governo para “todos os brasileiros”. Na convenção, os emedebistas também confirmaram a indicação do ex-prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis, para ser vice na chapa do atual governador Cláudio Castro (PL), que tenta a reeleição ao cargo. Na prática, portanto, o MDB formaliza nesta quinta-feira, 4, o voto “Castro-Lula”, a dobradinha entre o governador do PL e o ex-presidente da República. No Rio de Janeiro, Lula apoia a candidatura do deputado federal Marcelo Freixo (PSB) ao governo.