Perfil da Câmara dos Deputados em rede social é invadido e faz postagem contra Moraes

Conta foi recuperada minutos depois da publicação, mas o autor da mensagem ainda não foi identificado

  • Por Adrielle Farias
  • 10/02/2024 17h18 - Atualizado em 10/02/2024 17h24
Alejandro Zambrana/Secom/TSE Lula Moraes Publicação chamou Alexandre de Moraes de "ditador" e acusou o presidente Lula de planejar um "golpe de Estado"

O perfil da Câmara dos Deputados no X (antigo Twitter) foi hackeado neste sábado, 10, por volta das 11h. Uma publicação feita pelo invasor chamava o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, de “ditador”, mas a postagem foi apagada logo em seguida. Além de tecer comentários sobre o magistrado, a mensagem acusava o presidente Luiz Inácio Lula da Silva de planejar um “golpe de Estado”. “O ditador Alexandre de Moraes destrói a democracia. Estão planejando um golpe de Estado orquestrado pelo Alexandre e por Lula. Serei caçado, mas estou lutando contra”, dizia a publicação. O autor da postagem ainda não foi identificado.

câmara dos deputados

Publicação foi apagada em menos de 15 minutos

cta_logo_jp
Siga o canal da Jovem Pan News e receba as principais notícias no seu WhatsApp!

Em nota enviada à imprensa neste sábado, a Câmara dos Deputados afirmou que o perfil foi invadido, mas que a mensagem foi apagada em “menos de 15 minutos depois”. “O texto foi apagado e imediatamente trocada a senha de acesso para que novos ataques cibernéticos não sejam realizados. As autoridades policiais e medidas de segurança foram acionadas. A Câmara dos Deputados também fará uma investigação interna. Estamos empenhados na melhoria contínua dos nossos processos de segurança para evitar que novos episódios como esse voltem a ocorrer”, diz o comunicado. Ao final da publicação, o invasor pediu para que os perfis do Pastor Silas Malafaia, do Monark, do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) e do vereador Carlos Bolsonaro (PL) repostassem a mensagem.

*Com informações da Agência Brasil

  • Tags:

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.