PSOL vai pedir cassação de Ricardo Barros no Conselho de Ética da Câmara

Partido disse que ‘está claro’ que o líder do governo na Câmara cometeu ato de corrupção

  • Por Jovem Pan
  • 26/06/2021 20h11
Michel Jesus/ Câmara dos DeputadosRicardo Barros, líder do governo na Câmara dos Deputados

O PSOL informou, neste sábado, 26, que vai pedir a cassação do mandato do deputado federal Ricardo Barros (PP-PR), líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, ao Conselho de Ética da Casa. “Está claro que Barros cometeu ato de corrupção por agir em favor da Precisa Medicamentos no contrato fraudulento da Covaxin e que Bolsonaro sabia”, diz a mensagem publicada pelo perfil do partido nas redes sociais. A deputada Fernanda Melchionna (PSOL-RS) afirmou que o pedido será protocolado na próxima semana. Em depoimento à CPI da Covid-19 nesta sexta-feira, 25, o deputado federal Luís Miranda (DEM-DF) disse que avisou Bolsonaro sobre supostas irregularidades no contrato de compra da vacina Covaxin e que, na ocasião o presidente teria citado Ricardo Barros. O líder do governo, no entanto, negou ter participado das negociações. “Não sou esse parlamentar citado. A investigação provará isso”, declarou.