Roberto Jefferson está com infecção nos rins

Preso preventivamente desde o dia 13 de agosto, o presidente nacional do PTB passou mal nesta segunda-feira e foi atendido na UPA do Complexo de Gericinó

  • Por Jovem Pan
  • 31/08/2021 14h45 - Atualizado em 31/08/2021 16h47
Mário Agra/PTB NacionalJefferson foi detido no âmbito do inquérito que apura a atuação de "milícias digitais" que promovem ataques às instituições

Depois de passar mal nesta segunda-feira, 30, e ser atendido na UPA do Complexo de Gericinó, em Bangu, o ex-deputado federal e presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, foi diagnosticado com Pielonefrite Aguda Bilateral, uma infecção que atinge os rins, segundo boletim divulgado pela assessoria de imprensa do ex-deputado. Ainda segundo as informações repassadas à imprensa pelos auxiliares do cacique partidário, preventivamente preso desde o dia 13 de agosto, ele está indisposto e em estado febril, com oscilação de pressão e os pés inchados devido ao quadro infeccioso. Jefferson foi detido no âmbito do inquérito que investiga a atuação de “milícias digitais” que promovem ataques às instituições e à democracia.

Nesta terça-feira, 31, o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), manteve a prisão preventiva de Jefferson. O magistrado rejeitou o argumento dos advogados de defesa, que pediram que o ex-parlamentar fosse transferido para a domiciliar em razão de seu estado de saúde. A decisão ocorreu um dia depois de a Procuradoria-Geral da República (PGR) apresentar denúncia contra o ex-parlamentar sob acusação de incitação a crimes contra a segurança nacional, homofobia e calúnia contra o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG). No despacho, Moraes escreveu que Jefferson, “reiteradamente, postava em suas redes sociais vídeos atacando os Poderes da República e o Estado Democrático de Direito, sendo que, em muitas ocasiões portava armas de fogo, praticando tiro ao alvo”. “Em nenhum desses momentos, demonstrou qualquer debilidade física que o impedisse da prática de seus afazeres diários. Tais alegações somente surgiram, coincidentemente, após a decretação de sua prisão preventiva e a notícia do oferecimento da denúncia pela PGR”, afirmou o ministro do Supremo.

“Nos exames realizados ontem (30/08), após um mal súbito, Roberto Jefferson foi diagnosticado com Pielonefrite Aguda Bilateral, uma infecção que atinge os rins. A equipe jurídica responsável pelo seu caso, no momento, tenta realizar sua transferência do presídio para internação no hospital onde consta seu prontuário médico para que tenha acesso ao tratamento adequado à sua condição de saúde. Jefferson encontra-se indisposto e em estado febril, com oscilação de pressão e os pés inchados devido  ao quadro infeccioso”, diz a íntegra da nota divulgada.