Senado define nova composição da Mesa Diretora

Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) será o primeiro vice-presidente, e Romário (Podemos-RJ), segundo vice-presidente

  • Por Jovem Pan
  • 02/02/2021 20h05
DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO - 15/12/2020 Definição ocorreu na tarde desta terça-feira, 2

O Senado definiu, nesta terça-feira, 2, os nomes dos novos integrantes da Mesa Diretora da Casa. A escolha ocorre um dia depois da eleição de Rodrigo Pacheco (DEM-MG), que derrotou a senadora Simone Tebet (MDB-MS) por 57 votos a 21. MDB e PSD, partidos das duas maiores bancadas, disputaram a primeira vice-presidência. O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) venceu a disputa com Lucas Barreto (PSD-AP), por 40 votos a 33. Os demais cargos já estavam definidos.

Além de Pacheco e Vital do Rêgo, a Mesa Diretora terá Romário (Podemos-RJ), na 2ª vice-presidência; Irajá de Abreu (PSD-TO), como primeiro secretário; Elmano Ferrer (PP-PI), na segunda secretaria; Rogério Carvalho (PT-SE), na terceira secretaria; e Weverton Rocha (PDT-MA), quarto secretário. Três dos suplentes de secretários serão Jorginho Mello (PL-SC), Luiz do Carmo (MDB-GO) e Eliziane Gama (Cidadania-MA). O quarto nome ainda não foi definido.

Na Câmara dos Deputados, a votação ocorrerá nesta quarta-feira, 3. O pleito estava marcado para às 18h desta terça-feira, 2, mas foi adiado para às 10h de quarta, em razão do impasse criado pelo novo presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL). Em seu primeiro, o deputado anulou a formação do bloco partidário que apoiava seu adversário, o deputado federal Baleia Rossi (MDB-SP). Em um aceno aos partidos de oposição, Lira cedeu duas das seis vagas ao PT, que ficará com a 2ª Secretaria, e ao PSB, que ocupará a 3ª Secretaria.