Presidente da Sociedade Rural Brasileira avalia agronegócio e o papel do etanol na matriz energética

  • Por Jovem Pan
  • 11/06/2014 13h39

O presidente da Sociedade Rural Brasileira, Gustavo Diniz Junqueira, disse nesta quarta-feira (11), em entrevista à JOVEM PAN, que a expectativa é de que o agronegócio brasileiro continue crescendo e sendo fator determinante para o desempenho da economia brasileira.

“(…) Tem mostrado que o investimento que foi feito pelo Brasil em ciência e tecnologia está dando resultado. E esse resultado vai continuar, eu acho que não é uma questão pontual. Quer dizer, a safra e a maneira com que nós, hoje, administramos nosso ativo, terra, tem mostrado que isso pode crescer ainda mais”, afirmou.

Questionado sobre a preocupação com o etanol brasileiro, pela possibilidade de sofrer com a contenção de preços do governo brasileiro, Junqueira explicou que o problema não está no controle de preços e, sim, de despesas e detalhou a questão do combustível.

“Nós temos que tomar uma decisão estratégica, se ele [o etanol] vai fazer ou não parte da matriz energética. Por que que eu digo isso? O maior problema que nós temos acontecendo é que no mesmo momento que estamos colocando nosso programa de produção de combustíveis renovados em coma, os EUA estão aí tendo uma injeção de adrenalina com a exploração de gás de xisto”, explicou.

Ouça a entrevista completa no áudio com a editora de economia da JOVEM PAN Denise Campos de Toledo e o jornalista JOVEM PAN Joseval Peixoto.