Sudão do Sul retoma controle de importantes cidades petrolíferas

  • Por Agencia EFE
  • 04/05/2014 22h59

Juba, 4 mai (EFE).- As tropas do Sudão do Sul recuperaram neste domingo o controle da cidades de Bantiu, capital do estado petroleiro de Unidade e que estava sob o domínio dos rebeldes ligados ao ex-vice-presidente Riak Mashar, informou à Agência Efe o porta-voz do Exército, o coronel Philip Aguer.

O responsável militar indicou que suas forças também recuperaram a cidade de Nasir, situada no estado petroleiro de Alto Nilo. “Recuperamos Bantiu e Nasir”, disse Aguer à Efe em uma breve declaração.

A maioria da população de Bentiu já havia deixado a cidade por causa dos combates entre os partidários de Mashar e as tropas do presidente sul-sudanês, Salva Kiir.

No final de dezembro de 2013, as forças rebeldes conseguiram estender seu controle sobre Bentiu e, posteriormente, sobre os campos petrolíferos da região, o que afetou a produção nacional, embora a cidade tenha sido recuperada outra vez pelas forças governamentais no início de janeiro.

Em meados de abril, os insurgentes voltaram a invadir Bentiu, onde assassinaram centenas de civis, segundo denunciou a missão das Nações Unidas do Sudão do Sul (UNMISS). Nesta ação, pelo menos 200 pessoas morreram e 400 ficaram feridas somente na mesquita de Kali-Ballee, onde os civis haviam buscado refúgio.

Já a cidade de Nasir, também recuperada hoje pelo Exército, foi um das fortificações dos rebeldes no estado de Alto Nilo e que utilizavam como base para lançar seus ataques contra o resto das povoações na região.

Antes dos combates, a produção de petróleo no país ascendia a 250 mil barris diários, dos quais 170 mil eram produzidos no estado de Alto Nilo, na fronteira com o Sudão, e os outros 80 mil barris no vizinho Unidade.

Milhares de pessoas morreram no Sudão do Sul desde 15 de dezembro de 2013, quando Mashar tentou dar um golpe de Estado, segundo Kiir, embora o ex-vice-presidente e principal rival político tenha negado essa acusação. EFE