Starlink, de Elon Musk, revela preços de assinatura de internet e equipamentos no Brasil

Mensalidade será de R$ 530, enquanto equipamento será cobrado à parte e também terá valor salgado

  • Por Jovem Pan
  • 08/02/2022 16h48
Frederic J. BROWN / AFP elon musk Elon Musk é um dos homens mais ricos do mundo

A empresa Starlink, de propriedade do bilionário Elon Musk, revelou os preços que cobrará quando passar a operar no Brasil, o que deve ocorrer nos próximos anos. A Starlink recebeu autorização da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no fim de janeiro para atuar como provedora de internet, e o projeto de Musk é cobrir o planeta quase inteiro com conexão de alta velocidade, fornecida por meio de satélites (as exceções são Ártico e Antártida). Contudo, os preços serão altos para o padrão brasileiro: a mensalidade para receber o sinal será de R$ 530. Além disso, o equipamento, que contará com antena, fonte de energia, cabos, base e um roteador Wi-Fi, será cobrado à parte, com custo de R$ 2.670. Como o material será enviado dos Estados Unidos, o valor aumenta mais R$ 365 pela taxa de envio, e também crescerá com impostos, frete e seguro – este último é opcional. Segundo a empresa, o sinal deve começar a funcionar até meados de 2022, e a permissão da Anatel é válida até 2027.