Turquia investigará “com seriedade” as informações sobre espionagem alemã

  • Por Agencia EFE
  • 17/08/2014 12h02

Ancara, 17 ago (EFE).- As autoridades da Turquia asseguraram neste domingo que levaram a sério as informações publicadas por meios de comunicação alemães sobre o acompanhamento realizado por parte dos serviços de espionagem da Alemanha e indicaram que o tema será investigado.

“Definitivamente, nosso governo e o Ministério das Relações Exteriores realizarão a investigação necessária”, declarou Mehmet Ali Sahin, vice-presidente do governamental Partido da Justiça e o Desenvolvimento (AKP).

Este dirigente garantiu que o assunto, abordado pela revista ” Der Spiegel” e em outros meios germânicos, deve ser “encarado com seriedade”.

Segundo essa revista, a Turquia, membro da Otan desde 1952, está entre os “alvos prioritários” da espionagem alemã desde 2009.

A imprensa alemã indicou que o BND, o serviço de espionagem exterior alemão, interceptou também conversas da ex-secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e seu sucessor no cargo, John Kerry.

No entanto, Sahin ressaltou que o tema deve ser tratado com cautela, devido à difícil relação entre a “Der Spiegel” e o governo turco, sobre o qual a revista publicou informações críticas. EFE