Um filipino morre e outros 5 são infectados por coronavírus nos EAU

  • Por Agencia EFE
  • 11/04/2014 14h44

Abu Dhabi, 11 abr (EFE).- Um filipino morreu e outros cinco foram infectados pelo coronavírus enquanto exerciam seus trabalhos nos serviços de urgências de um hospital da cidade de Al Ain, nos Emirados Árabes Unidos, anunciou nesta sexta-feira pelo Ministério do Interior do país.

O órgão anunciou, em comunicado, a detecção das infecções e explicou que todos se contagiaram quando realizavam testes e exames médicos periódicos com os trabalhadores do hospital.

Já foram tomadas as medidas preventivas de saúde, segundo o Ministério, que pôs em quarentena os contagiados e contactou, por precaução, com os trabalhadores que receberam tratamento por parte dos médicos filipinos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) pede aos países para manter a vigilância em torno das infecções respiratórias agudas e aconselha testes específicos do coronavírus a pacientes com pneumonia de origem não esclarecida ou a pacientes com infecções agudas e complicadas que não respondem aos tratamentos regulares.

As recomendações da OMS são voltadas especialmente no caso das pessoas que residam ou tenham visitado a Península Arábica e os países vizinhos.

Os primeiros sintomas deste vírus são febre e tosse, que se agravam até causar uma pneumonia. A maioria dos infectados sofre de doenças crônicas que debilitam seu sistema imunológico e os torna mais vulneráveis.

Os coronavírus constituem uma família viral que pode causar doenças nos seres humanos que vão desde o resfriado comum até a Síndrome Respiratória Aguda Severa conhecido como Sars. EFE