Apesar de discurso, Dilma e Temer foram eleitos “na mesma chapa”

  • Por Jovem Pan
  • 29/08/2016 12h26
Vera Magalhães

Após realizar sua defesa inicial do plenário do Senado, a presidente afastada Dilma Rousseff, já conta com a irritação de senadores favoráveis ao impeachment pelo uso da palavra “golpe” para caracterizar o impeachment.

O repórter José Maria Trindade e a comentarista política Vera Magalhães falam, de Brasília, sobre o discurso de Dilma, que quis se desprender de Michel Temer, vice em sua chapa e que comanda interinamente a presidência da República.

“Dilma diz que o Governo foi usurpado por quem não foi eleito. Mas Michel Temer foi eleito juntamente com ela, na mesma chapa. Tem a foto do vice na urna eletrônica. Ele [vice] responde pelas contas de campanha tanto quanto o candidato”, lembrou Vera Magalhães.

O discurso adotado por Dilma, no entanto, é de que foi apenas ela quem recebeu os 54,5 milhões de votos do eleitorado brasileiro.

Sobre o restante do discurso, Vera Magalhães ressaltou o apelo emocional da petista de que ainda sofre como na ditadura e que a democracia está “ameaçada de morte”.

Confira a análise completa: