Bruno Garschagen: Se há indícios, é preciso investigar

  • Por Jovem Pan
  • 07/10/2019 07h52
Marcos Corrêa/PRSergio Moro saiu em defesa de Jair Bolsonaro e garante que investigação não encontrou nada contra o presidente

Sergio Moro saiu em defesa de Jair Bolsonaro e garantiu que investigação sobre suspeita de candidaturas laranjas no PSL não encontrou nada contra o presidente. No entanto, o inquérito conduzido pela Polícia Federal e pelo Ministério Público é sigiloso.

“O principal nessa história, independente dos envolvidos, é que, se há indícios, é preciso investigar. O que existe até agora é um conjunto de provas contra o ministro do Turismo, e as investigações, cada vez que se aprofundam, mostram mais elementos.”

“No caso do presidente Jair Bolsonaro não há nenhum indício que possa levar a um possível uso de dinheiro desviado por essa história do laranjal para financiar a campanha do Bolsonaro. Tem um elemento dito pela defesa do assessor Haissander Souza de Paula acusando que teria havido coação do delegado responsável pelo inquérito para forçar assessor a denunciar determinadas coisas. Precisa ser investigado”, completa Bruno.