Privação de sono é considerada questão de saúde pública em alguns países e está associada a doenças

Em alguns casos, a insônia pode ter a ver com depressão e eventos traumáticos, mas em outros, pode ser resolvida com mudanças de hábitos

  • Por Camila Magalhães
  • 06/01/2021 08h00 - Atualizado em 07/01/2021 12h34
Unsplash/Ben Blennerhassett

Ter uma boa noite de sono é uma necessidade fisiológica, mas já reparou que nós dormimos cada vez menos? Seja por trabalharmos demais, passarmos muito tempo conectados nos smartphones ou simplesmente exagerarmos no cafezinho. Algumas pessoas podem dizer: “Ah, mas no final de semana eu durmo” ou “Nas férias vou descansar”. Será que é possível recuperar o sono perdido? Podemos até ter a sensação de que sim, mas as noites mal dormidas podem trazer diversas consequências para a saúde. A privação de sono já é considerada uma questão de saúde pública em muitos países e está associada a doenças cardiovasculares, hipertensão e transtornos psiquiátricos.

Estima-se que entre 30% a 50% da população geral já teve algum episódio de insônia na vida, mas o que causa a insônia? Em alguns casos, a insônia até pode ser um dos sintomas de um quadro de depressão, ansiedade ou após ter vivido um evento traumático, como um assalto. Mas, na maioria das vezes, o problema pode ser resolvido com uma simples mudança de hábito, por exemplo: limitar o consumo de cafeína; fazer refeições leves antes de deitar; evitar o consumo de tabaco e o consumo abusivo do álcool; diminuir estímulos luminosos no ambiente; e o mais importante: não ficar pensando nos problemas do dia seguinte bem na hora de dormir.

A qualidade do seu sono tem impacto direto no seu bem-estar, por isso, repense seus hábitos e sua rotina de sono. Se ainda assim você tiver dificuldade, procure a ajuda de um profissional de saúde, que poderá indicar o tratamento mais adequado. Mas já adianto que remédios podem ser necessários, mas contar só com eles pode ser perigoso, pois se usados por muito tempo, podem interferir na sua memória ou até mesmo te deixar dependente. O ideal é investir em um tratamento que te ajude a repensar sua vida e enfrentar as causas que estão tirando o seu sono. E se você quiser sugerir algum tema, escreva para mim @dra.camilamagalhaes. Até a próxima!