Carlos Andreazza: Reforma da Previdência é sinal de que Brasil faz seu dever de casa

  • Por Jovem Pan
  • 22/01/2019 09h34
Flickr/Michel TemerNão é irrelevante que o recado seja claro e muito bem percebido

Nesta terça-feira (22), às 15h30 (horário local), Jair Bolsonaro será o primeiro presidente latino-americano a abrir o Fórum Econômico Mundial de Davos. Ele deve fazer discurso liberal associado a Paulo Guedes. Por sua vez, Sergio Moro mostrará a “limpeza” da corrupção. A expectativa é que Bolsonaro associe temas da segurança pública, combate à corrupção e economia liberal. Não é irrelevante que o recado seja claro e muito bem percebido. Vender a reforma da Previdência como algo urgente não é algo banal.

Confira o comentário completo de Carlos Andreazza: