Denise: Para muitos, saques de R$ 500 do FGTS é a saída do sufoco

  • Por Jovem Pan
  • 26/07/2019 11h24 - Atualizado em 26/07/2019 11h24
Marcelo Camargo/Agência BrasilPara correntistas da Caixa, o dinheiro será depositado diretamente na conta poupança

“A discussão é se o dinheiro é bom ou não é bom. Ele pode ajudar a reforçar um pouco o consumo, mas é limitado e pontual assim como foi no governo Temer. E a liberação nesse ano, especificamente, é um pouco menor, mas tem o reforço do PIS/Pasep. Então se espera que tenha alguma repercussão nos números ainda nesse ano, mas nada excepcional. Isoladamente, tem a discussão de que R$ 500 é pouco ou suficiente. É pouco para quem tem renda boa e está com as finanças em ordem. Vale ressaltar que de acordo com o balanço da inadimplência de atraso de pagamento de dívidas do SPC Brasil, 37,34% dos brasileiros inadimplentes devem menos de R$ 500. Então, para essas pessoas, se tiverem uma conta inativa ou ativa com R$ 500 disponíveis dá para consertar a situação. É a questão da renda média do brasileiro que é muito baixa. Vale lembrar que esse valor é cerca de metade do salário mínimo. Então é uma referencia importante, para muita gente vai ser a saída do sufoco. É exatamente com isso que o Governo está contando. É um estímulo enquanto não acontecem mudanças mais estruturais que possam de fato garantir um crescimento mais rigoroso da economia.”

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.