Advogada Claudia Abdul criou página de dicas de livros no Instagram e hoje tem mais de 16 mil seguidores

Projeto começou em 2019, quando ela tinha 40 anos, e se consolidou na pandemia: ‘Meu propósito é que mais pessoas se interessem pela leitura’, afirma

  • Por Fabi Saad
  • 30/06/2021 10h00
DivulgaçãoNossa Mulher Positiva desta semana é a advogada Claudia Abdul Ahad Securato

Nossa Mulher Positiva desta semana é a advogada Claudia Abdul Ahad Securato. Leitora compulsiva desde sempre, aos 40 anos ela decidiu criar uma página no Instagram para compartilhar suas dicas de livros @livrosdaclau, que conta com mais de 16 mil seguidores. Algumas obras resenhadas por Claudia foram “Feminismo e Política”, de Luis Felipe Miguel e Flavia Biroli, “Vamos comprar um poeta”, de Afonso Cruz, “A Menina Que Roubava Livros”, de Markus Zusak, entre outros. “Sonho que os brasileiros valorizem a leitura e que os livros se tornem acessíveis a todos. Meu propósito é que mais pessoas se interessem pela leitura e que os livros sejam um apoio, uma terapia e um amigo nos momentos difíceis”, afirma Claudia.

1. Como começou a sua carreira? Sou de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, e me formei lá em jornalismo e direito. Recém formada, mudei para São Paulo para estudar e trabalhar. Passei por redação de campanha política, assessoria de imprensa de moda até que, por pressão familiar, decidi me aventurar no direito. Me tornei advogada trabalhista por acaso, ao aceitar trabalhar para um amigo da família. Em 2006, fundei meu próprio escritório e, após duas fusões, hoje se chama “Oliveira, Vale, Securato e Abdul Ahad Advogados” e é focado na advocacia empresarial. Aos 40 anos, decidi que gostaria de ter alguma ocupação mais leve em que pudesse compartilhar minha paixão pelos livros com pessoas de fora do meu círculo de convivência e criei o Instagram @livrosdaclau, um projeto que começou em agosto de 2019 e se consolidou no ano passado na pandemia.

2. Como é formatado o modelo de negócios do Instagram @livrosdaclau? O Instagram @livrosdaclau serve para compartilhar minhas leituras e toda a minha experiência com os livros. Gosto muito de estilos variados, por isso, as indicações vão desde livros de educação infantil, romances, temas femininos, psicologia e decoração. Proponho todos os meses uma leitura conjunta e convido alguém para discutir o livro comigo. Tem sido momentos bem prazerosos, com muitas boas trocas.

3. Qual foi o momento mais difícil da sua carreira? No nascimento dos meus filhos gêmeos, Helena e Vicente, que hoje tem cinco anos, repensei muito a minha carreira e minhas perspectivas para o futuro. À época, o Antônio, meu primeiro filho, tinha apenas um ano e cinco meses e a pressão de cuidar de três bebês quase me fez desistir da carreira que tinha construído. Nesse mesmo período, meu marido estava lançando o primeiro programa da ABPW para mulheres em conselhos de administração na Saint Paul Escola de Negócios e me incentivou a cursar. Em um momento em que eu estava exausta, encontrar outras mulheres que viviam na mesma situação me trouxe um enorme conforto e incentivo para seguir.

4. Como você consegue equilibrar sua vida pessoal x vida corporativa/empreendedora? Com uma super rede de apoio, marido super participativo, mãe que apesar de morar em outro Estado está sempre presente e uma equipe incrível e generosa no escritório e em casa. Mesmo assim, passo por muitos momentos difíceis de questionamentos e angústias, em que preciso me esforçar para me retomar.

5. Qual seu maior sonho? Sonho que os brasileiros valorizem a leitura e que os livros se tornem acessíveis a todos. Meu propósito é que mais pessoas se interessem pela leitura e que os livros sejam um apoio, uma terapia e um amigo nos momentos difíceis.

6. Qual sua maior conquista? Sempre idealizei que conseguiria conciliar minha família com minha carreira e quando vejo meus filhos e meus projetos crescendo juntos e saudáveis penso que estou no caminho certo.

7. Livro, filme e mulher que admira. Muito difícil escolher um só, amo muitos livros, filmes e admiro muitas mulheres. Não nos faltam modelos a serem seguidos. Livro recomendo o da última live do Instagram @livrosdaclau, “Tudo é Rio”, da Carla Madeira, autora brasileira que tem como ponto principal o perdão. É uma escrita super poética e uma trama tão surpreendente que você não consegue parar de ler. Filme recomendo “O Escândalo” que passa na PrimeVideo e trata de uma história real de jornalistas que  denunciaram o presidente da Fox News, uma das maiores emissoras de televisão dos Estados Unidos, por assédio sexual. Esse filme abre um precedente muito importante para essas denúncias nos meios de comunicação. Mulher recomendo a Isabel Allende, que além dos livros perfeitos que escreveu, é um exemplo para a luta feminista. Suas obras biográficas “Paula”, “Soma dos Dias” e “Mulheres de Minha Alma” nos mostram a fortaleza de mulher que ela foi.