Ana Cristina Laganaro sofreu grave acidente, ficou tetraplégica e voltou a andar

Com história incrível de superação, ela sentiu a necessidade de compartilhar sua história e hoje dá palestras motivacionais no intuito de ajudar as pessoas a nunca desistirem

  • Por Fabi Saad
  • 10/11/2021 10h00
DivulgaçãoCris Laganaro atua há 30 anos no ramo da moda, bem-estar, beleza e consultoria de imagem focada na autoestima

Ana Cristina Laganaro, nossa Mulher Positiva desta semana, tem uma incrível história de superação devido a um acidente que a deixou tetraplégica. Desde que abriu os olhos no hospital e notou que não conseguia mover braços e pernas, Cris foi buscar forças em todos os sentidos (físico, espiritual, emocional) para poder lidar com mais esse obstáculo em sua vida. Consolou familiares e amigos que choravam seu estado de saúde, sempre com a determinação e convicção das seguintes palavras: “Eu vou voltar a andar”! De forma emocional, envolvente e cheia de energia, Cris conta como sua trajetória, desde o ocorrido até os dias atuais. Ela mostra que sabe acolher as pessoas e motivá-las a nunca desistir de seus propósitos. E as incentiva a redobrar a fé na certeza de que, no final, temos tudo para darmos certo, para alcançarmos um final feliz. Cris Laganaro atua há 30 anos no ramo da moda, bem-estar, beleza e consultoria de imagem focada na autoestima.

1. Como começou a sua carreira? Após 18 anos do meu acidente, senti a necessidade de compartilhar minha história.

2. Como é formatado o modelo de negócios de palestras do qual você participa? Palestras motivacionais no intuito de ajudar as pessoas a nunca desistirem e redobrarem a fé.

3. Qual foi o momento mais difícil da sua carreira? Os momentos mais difíceis são aqueles nos quais ainda sinto a dor daqueles dias após o acidente. Porém, contar a primeira vez abertamente para todo mundo foi o mais difícil.

4. Como você consegue equilibrar sua vida pessoal x vida corporativa/empreendedora? Com metas curtas e atingíveis, além de um cronograma muito bem delineado.

5. Qual seu maior sonho? Compartilhar minha história impactando vidas.

6. Qual sua maior conquista? Não posso de deixar de dizer que realizei o meu maior sonho, o de ser mãe de três meninas.

7. Livro e filme… Livro: “O Segredo”. Filme: “Quarto de Guerra”.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.