Fernanda Derenze concilia empresa de eventos, Instagram com 100 mil seguidores e escritório de arquitetura

Realizada na área de relações públicas, publicitária se reinventou durante a pandemia, entrou de cabeça no mundo do design de interiores e, de quebra, conheceu o amor de sua vida

  • Por Fabi Saad
  • 27/10/2021 10h00
Nelson Reis/Arquivo PessoalFernanda Perlaky Derenze soma mais de 100 mil seguidores em seu perfil no Instagram

A Mulher Positiva desta semana é Fernanda Perlaky Derenze. RP de sucesso, com grandes eventos realizados Brasil afora, ela se reinventou durante a pandemia, ingressou em uma nova faculdade e acumulou projetos — todos eles de sucesso. “Três anos atrás, resolvi passar por uma experiência nova em minha vida: fui para Nova York fazer um curso e, após conclui-lo, abri minha cabeça a novas oportunidades. Foi assim que comecei a trabalhar também como influenciadora”, contou. “Em 2019, muita coisa mudou. Conheci meu marido, que tem um escritório de arquitetura e interiores. Comecei a participar dos projetos e me lembrei do quanto esse assunto já fazia parte do meu dia a dia desde pequena. Hoje, além de um Instagram com mais de 100 mil seguidores, ela é sócia da Ark Derenze Arquitetura e segue forte na área de decoração, fazendo projetos e divulgando marcas.

1. Como começou a sua carreira? Iniciei minha vida profissional cursando publicidade, pois sempre sonhava em trabalhar com algo que envolvesse comunicação. Passaram-se alguns meses e percebi que o que me fascinava mesmo era me comunicar com as pessoas, então resolvi deixar a parte de venda e criação para montar minha empresa de relações públicas. Comecei a fazer eventos para todos os tipos de marcas, desde startups até aquelas já consolidadas. Venho trabalhando com isso já há aproximadamente dez anos. Três anos atrás, resolvi passar por uma experiência nova em minha vida: fui para Nova York fazer um curso e, após conclui-lo, abri minha cabeça a novas oportunidades. Foi assim que comecei a trabalhar também como influenciadora.

Em 2019, muita coisa mudou. Conheci meu marido, que tem um escritório de arquitetura e interiores, o Ark Derenze. Com a pandemia, como passamos a fazer home office, comecei a participar dos projetos de interiores e me lembrei do quanto esse assunto já fazia parte do meu dia a dia desde pequena. Meu bisavô, engenheiro, foi quem construiu todas as casas de nossa família, e minha avó, decoradora, era quem fazia a decoração. Desde pequena eu gostava de decorar meu quarto e, sempre que ia à casa da minha avó, conversávamos sobre moda e decoração. Acredito que os dois assuntos caminham juntos. O design de interiores está totalmente relacionado à moda e à qualidade de vida, todos os dias me arrumo logo cedo e tenho prazer em passear pela casa, arrumando os objetos. Com certeza, a faculdade está somando também ao meu trabalho de RP e influenciadora. Além disso, acredito que precisamos sempre estar buscando algo novo, sempre procuro cursos interessantes para fazer. Neste ano, fiz um incrível de produção e no momento estou estudando alemão.

2. Como é formatado o modelo de negócios da Ark Derenze? Hoje concilio a minha empresa de eventos, meu Instagram (@fernandaperlakyderenze) e a Ark Derenze Arquitetura. Na área de eventos, trabalho com diversos shoppings e marcas de luxo, além dos restaurantes. Nós oferecemos ao cliente a oportunidade de alavancar a sua marca através do meu mailing, que contempla formadores de opinião, potenciais clientes e influenciadores. Nós selecionamos pessoas que sejam o perfil da marca e adotamos essas ações, fazendo almoços, envios de presentes, coquetéis em lojas, viagens, entre outras ações. No meu Instagram, que hoje tem mais de 100 mil seguidores, muitas vezes ofereço para a marca, além dessas ações citadas acima, divulgações no meu perfil, para complementar o meu trabalho. Por sinal, no meu perfil no Instagram eu falo sobre diversos assuntos como moda, decoração, lifestyle, corrida, vida saudável, beleza e, claro, mostro as viagens que faço.

Junto com meu marido, atuamos no escritório de arquitetura e decoração, o Ark Derenze, a qual meu marido já se dedicava — e eu passei a me dedicar durante a pandemia. Ele com muita experiência, tendo morado na Itália e na China e participado de espetaculares projetos pelo mundo. E eu com a minha experiência dentro de casa e na moda, com meu jeito detalhista. Hoje atuamos juntos para entregar um serviço mais completo para o cliente. Além disso, tem meus sogros, que estão há muitos anos na área de decoração. Meu sogro, Angelo Derenze, que por muito tempo esteve à frente da Casacor, hoje cuida de um shopping de decoração, o D&D Shopping, e minha sogra, Walkiria Derenze, sempre trabalhou com design, inclusive em revistas, livros etc… Sem dúvida, o “know how” deles acaba nos abrindo portas, isso é muito bom, pois acabamos conhecendo muitas pessoas da área e bons fornecedores.

3. Qual foi o momento mais difícil da sua carreira? Sem dúvida, a pandemia, pois os eventos pararam e percebi que seria um bom momento para me reinventar. Foi aí que entrei no ramo de arquitetura e decoração, no qual eu já estava muito envolvida. E percebi que poderia dar muito certo. Enfim, decidi iniciar a faculdade de design de interiores, onde, por sinal, estou muito feliz, pois tenho aprendido muito a cada dia.

4. Como você consegue equilibrar sua vida pessoal x vida corporativa? Como sou influenciadora, além de trabalhar nas empresas, preciso ter uma rotina muito regrada. Todos os dias eu me arrumo logo que levanto, tomo café da manhã — acredito que a primeira refeição do dia é fundamental — e sigo para treinar. Após isso, tomo banho e, aí, sim, sigo para o escritório, onde fico focada até o final do dia. Muitas vezes, eu e meu marido não conseguimos nos conter e passamos o jantar falando de trabalho ou discutindo alguma possível mudança em casa. Sobra pouquíssimo tempo para ver um filme, mas nos policiamos muito bem no final de semana. Sempre procurarmos ter os nossos momentos juntos e também encontrar a família para voltamos com energia à próxima semana. Um ponto positivo, que gosto de colocar, é que, com a pandemia, aprendemos a seguir essa rotina, independentemente de onde estamos.

5. Qual seu maior sonho? Acho que aprendemos que, sem saúde, não temos nada. Por isso, ter saúde, para mim e minha família, e claro, para o mundo, é algo que valorizo mais que qualquer coisa. Uma pessoa saudável e lúcida corre atrás das coisas que quer. Mas quero muito crescer profissionalmente e me tornar uma boa decoradora, além de continuar com meus eventos e, logo, ter filhos. Sem dúvida, será um sonho realizado também.

6. Qual sua maior conquista? Foi ter encontrado uma pessoa maravilhosa, casado e estar construindo uma família. Em relação ao trabalho de RP, fazer eventos para o shopping Iguatemi e marcas como Salvatore Ferragamo, Montblanc, Dior, Burberry entre outras… São conquistas das quais eu me honro muito. Na parte de arquitetura e decoração, fizemos projetos impactantes: um espaço muito bacana na ciclovia para o Shopping D&D, além de uma casa linda que estamos construindo no interior de São Paulo. No meu Instagram, eu me honro muito por ter feito trabalhos para Fila, Vix, Rimowa, e agora fechei um trabalho de longo prazo com a Brentwood, marca de decoração que adoramos. Ter a pizzaria Cristal como cliente, um restaurante a que vou desde pequena, foi e é uma grande conquista, pois estou com eles há mais de cinco anos.

7. Livro e filme. Amo livros de autoconhecimento. Gosto de livros que nos motivem e amo tudo ligado à meditação, que, por sinal, é algo que faço todos os dias e me ajuda demais a me conectar. “O Poder do Subconsciente”, de Dr. Joseph Murphy, “O Poder do Agora”, de Eckhart Tolle. “The Secret”, “O Monge e o Executivo”, amo todos do Tony Robbins, entre outros. Amo assistir a filmes. Por sinal, amo vários que falam da Segunda Guerra Mundial, filmes sobre história mesmo. Além desses filmes amo “Perfume de Mulher”, com Al Pacino.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.

*Esse texto não reflete, necessariamente, a opinião da Jovem Pan.