PIB da agropecuária sobe 5,7% no primeiro trimestre de 2021

No ano, o setor deve acumular alta superior a 2% de acordo com projeções da Confederação da Agricultura e Pecuária no Brasil; desempenho está chamando atenção de investidores estrangeiros

  • Por Kellen Severo
  • 02/06/2021 10h00
Banco de Imagens/Estadão ConteúdoDe acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a soja, o fumo e o arroz contribuíram para o sinal positivo

A agropecuária brasileira cresceu 5,7% no primeiro trimestre deste ano ante o último de 2020. O bom resultado é fruto de safras fartas e investimentos em tecnologia. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a soja, o fumo e o arroz contribuíram para o sinal positivo. Com o avanço, o setor agro dá importante contribuição para a retomada da economia brasileira. A pandemia não afetou tanto os negócios nesta área e a participação da agricultura e da pecuária no PIB do Brasil tem ganhado peso. Além do agro, a indústria e  investimentos contribuíram para a melhora da economia no país.

No segundo semestre, a expectativa é que haja um desempenho mais magro para o PIB Agro, fruto da estiagem que já impacta produções como o milho e café, por exemplo. Ainda assim, no ano, o setor deve acumular alta superior a 2% de acordo com projeções da Confederação da Agricultura e Pecuária no Brasil. O desempenho do agro brasileiro está chamando atenção de investidores estrangeiros. A inovação, a infraestrutura e os instrumentos verdes foram tema de debate no Fórum de Investimentos Brasil. Durante o evento internacional, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou que o governo está mapeando demandas para apresentar novas alternativas ao mercado e atrair mais recursos. “Nós precisamos trabalhar aí com projetos, tendo projetos a gente consegue atrair esses investimentos para a nossa agricultura que é sustentável”, disse. A sustentabilidade da produção agrícola brasileira é um requisito para novos investimentos. Para que eles ocorram de forma mais abundante, é importante que a cadeia de produção seja transparente e tenha dados que comprovem as boas práticas já adotadas.