Marco Antonio Villa: Acusações que pesam contra Temer são gravíssimas

  • Por Jovem Pan
  • 22/03/2019 07h40
Reprodução/PlanaltoA denúncia é sobre Angra 3, mas sempre citamos sua vinculação com o Porto de Santos

A Lava Jato voltou a chacoalhar o país com a prisão de mais um ex-presidente da República. Michel Temer passou a noite desta quinta-feira (21) detido, sozinho, em uma sala de 20 metros quadrados na Sede da Polícia Federal, no Rio de Janeiro.

Também detidos nesta quinta-feira, o ex-ministro Moreira Franco e o coronel João Batista Lima Filho estão detidos na Unidade Prisional da PM em Niterói. A investigação chegou ao ex-presidente por meio da delação premiada de José Antunes Sobrinho, dono da construtora Engevix, sobre irregularidades nas obras da usina Angra 3.

“Foi uma surpresa para todos a detenção do ex-presidente. As acusações que pesam sobre ele são gravíssimas. A denúncia é sobre Angra 3, mas sempre citamos sua vinculação com o Porto de Santos. É para mostrar que os interesses do ex-presidente eram de corrupção no Porto de Santos envolvendo a Rodrimar. Agora cabe a ele se defender. É uma prisão preventiva, foi feita toda uma pré-investigação, me parece que a decisão é muito bem fundamentada e o juiz não atribuiu os crimes cometidos por Temer a crimes eleitorais”, diz Marco Antonio Villa.

Confira o comentário completo: