Tudo indica que rombo será grande, e se não for, Temer irá pedalar

  • Por Jovem Pan
  • 14/08/2017 07h41
BRA10. BRASILIA (BRASIL), 27/06/2017 - El presidente brasileño, Michel Temer (i), habla durante una conferencia de prensa en el Palacio presidencial de Planalto hoy, martes 27 de junio de 2017, en Brasilia (Brasil). Temer afirmó hoy que tiene una "preocupación mínima" con la denuncia por corrupción presentada en su contra por la Fiscalía, la cual aseguró que es "una pieza de ficción" sin "fundamentos jurídicos". EFE/Joedson AlvesSem alternativas para ampliar a arrecadação, o Planalto deve aumentar o rombo permitido nas contas públicas

Governo Federal deve anunciar nesta segunda-feira (14) a nova meta fiscal para 2017.

Sem alternativas para ampliar a arrecadação, o Planalto deve aumentar o rombo permitido nas contas públicas de R$ 139 bilhões para R$ 159 bilhões.

“E tudo indica que vai ser maior. E se não for maior, vai ter pedaladas. Temer vai pedalar, assim como sua antecessora. Alguns estimam R$ 170 bilhões. Ainda é herança, em parte, maldita do PT, e ainda de erros econômicos do Governo. E nós que pagamos”, diz Marco Antonio Villa.

Assista ao comentário completo: