Oscar 2021: Conheça cinco possíveis indicados ao prêmio

Com a pandemia, formato da edição ainda não está certo; enquanto não sabemos se haverá a cerimônia clássica ou será uma transmissão virtual, vale prestigiar os títulos que podem entrar na disputa pela estatueta

  • Por Marcos Petrucelli
  • 29/01/2021 17h21 - Atualizado em 29/01/2021 17h23
EFE/EPA/ETIENNE LAURENTOscar 2021: Formato que será adotado para realização da cerimônia será o principal desafio

Até o momento, existe uma única incerteza na próxima cerimônia do Oscar e ela tem a ver com o formato. Assistiremos a um grande espetáculo, repleto de números musicais, piadas contadas pelos apresentadores, celebridades subindo ao palco para anunciar os vencedores, premiados gastando o verbo para discursos inflamados e, ao mesmo tempo, sendo aplaudidos por uma imensa e estelar plateia? Ou teremos de nos contentar apenas com uma deprimente transmissão online, sem qualquer glamour, tendo os vitoriosos aceitando as estatuetas de dentro de suas casas? Karey Burke, presidente de entretenimento da rede de TV ABC e responsável pela transmissão do Oscar, fez recentemente um comunicado oficial: “Estamos em um território novo este ano e continuaremos a trabalhar com nossos parceiros da Academia para assegurar uma edição de celebração e segura”. Muito sensato, mas nada conclusivo. A ABC e a presidência da Academia ainda não decidiram se a edição de 2021 da maior premiação do cinema terá o formato presencial, remoto ou até mesmo uma mistura das duas coisas, como vimos na última cerimônia de premiação do Emmy.

Certezas, no entanto, há várias. Desde que o mundo se viu obrigado ao trancamento e as pessoas forçadas ao distanciamento social, todos os segmentos da sociedade tentam encontrar formas de mudanças e adaptação. Diante desse panorama pandêmico, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas logo decidiu pelo adiamento da 93ª cerimônia do Oscar, definindo a nova data para o dia 25 de abril. Uma vez alterada a data da festa, a Academia também percebeu a necessidade de alterações nas regras da premiação. Uma das mais importantes é em relação ao período de elegibilidade dos filmes na disputa, que se estendeu de 1º de janeiro de 2020 a 28 de fevereiro de 2021. Além disso, quando antes qualquer filme deveria obrigatoriamente ter sido exibido comercialmente numa sala de cinema em Los Angeles, neste ano a Academia irá aceitar os longas que estrearam em outras plataformas – em especial, evidentemente, as do formato digital (ou seja, streaming). Em consequência dessas e de outras mudanças (ainda que temporárias) já definidas, o anúncio dos indicados ao Oscar 2021 só será feito no dia 15 de março. Enquanto aguardamos, o melhor a fazer é nos prepararmos e conhecer alguns filmes que já estão à disposição do público.

Acompanhe, a seguir, cinco longas que possivelmente aparecerão entre os concorrentes em diferentes categorias.

MANK

Dirigido por David Fincher, o filme apresenta alguns fatos reveladores sobre a vida do roteirista Herman J. Mankiewicz, responsável pelo roteiro de “Cidadão Kane”, que é considerado um dos maiores clássicos da história do cinema. Não se trata de uma história sobre os bastidores de filmagens de “Kane”, mas temos a oportunidade de conhecer detalhes importantes no relacionamento entre Mankiewicz e o diretor Orson Welles.

INDICAÇÕES POSSÍVEIS:
Filme, Direção, Fotografia, Ator (Gary Oldman), Atriz (Amanda Seyfried)

 

UMA NOITE EM MIAMI (One Night in Miami)
Estreia da atriz Regina King na direção, a história parte de um encontro improvável (e fictício) entre quatro personalidades negras. Malcolm X, Cassius Clay (ou Muhammad Ali), Sam Cooke e Jim Brown reúnem-se num quarto de hotel numa noite de 1964 e passam a discutir a injustiça racial e como eles poderiam usar sua presença e voz para influenciar a cultura americana.

INDICAÇÕES POSSÍVEIS:
Filme, Direção, Roteiro, Ator (Kingsley Ben-Adir), Ator coadjuvante (Leslie Odom Jr.)

 

RELATOS DO MUNDO (News of the World)
Mesmo após a Guerra Civil Americana, os Estados Unidos continuam divididos e existe tensão e preconceito entre brancos, índios e negros. Nesse cenário, Tom Hanks é o Capitão Kidd, um homem que viaja de cidade em cidade lendo as principais notícias dos jornais para a população. Eis que ele se vê na condição de guardião de uma garotinha abandonada (Helena Zengel) com a missão de levá-la até sua família. Um faroeste com a assinatura de Paul Greengrass.

INDICAÇÕES POSSÍVEIS:
Filme, Direção, Fotografia, Trilha Sonora, Ator (Tom Hanks), Atriz coadjuvante (Helena Zengel)

 

FRAGMENTOS DE UMA MULHER (Pieces of a Woman)
Uma sequência de 25 minutos, mostrando o parto de uma mulher que decidiu ter sua criança em casa, dá o tom desse drama dirigido pelo húngaro Kornél Mundruczó. O parto termina em tragédia, fato que irá definir o conturbado relacionamento do casal formado por Martha (Vanessa Kirby, excepcional) e Sean (Shia LaBeouf). Destaque, no elenco, para a presença da sempre gigante Ellen Burstyn.

POSSÍVEIS INDICAÇÕES:
Filme, Direção, Atriz (Vanessa Kirby), Atriz Coadjuvante (Ellen Burstyn)

 

O PAI (The Father)
Anthony Hopkins já anunciou sua aposentadoria uma dezena de vezes, mas (para a felicidade do público) ele sempre está de volta. E aqui como um senhor idoso, vítima de demência, que aos poucos vai perdendo toda a sua capacidade de compreender a realidade. Uma condição que o afasta até mesmo da filha (Olivia Colman), sua única companhia. A dupla é dirigida pelo francês Florian Zeller, também autor do roteiro.

POSSÍVEIS INDICAÇÕES:
Filme, Direção, Roteiro, Ator (Anthony Hopkins), Atriz (Olivia Colman)