Samy Dana: China pode ser capitalista em algum sentido, mas não é democracia

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2019 08h14
PixabayAntes de visitar a grande muralha, o presidente evitou comentar antigas declarações sobre o país e afirmou que fará de tudo pelo desenvolvimento do Brasil

Ao chegar a Pequim, Bolsonaro disse estar em um país capitalista. Antes de visitar a grande muralha, o presidente evitou comentar antigas declarações sobre o país e afirmou que fará de tudo pelo desenvolvimento do Brasil.

“A gente tem casos na história recente da China que mostram que não é bem um capitalismo. O Google agora voltou à China, mas em determinado momento foi convidado a se retirar do país. Se você tem um amigo que reside na China, você não pode enviar um WhatsApp para ele porque o aplicativo é proibido. É um capitalismo em algum sentido, mas não é uma democracia.”

“O Governo tem uma interferência grande em cima das empresas. O que chama a atenção é que, no ranking de liberdade econômica, a China está melhor que o Brasil – na posição 110. O Brasil não está nem na 150. Não é exatamente um capitalismo nem lá, nem aqui – mas vamos ver se conseguimos caminhar e subir posições nos próximos anos”, completa Samy.