Samy Dana: Fernández acena para ‘cair em desgraça econômica’

  • Por Jovem Pan
  • 28/10/2019 08h05
EFEFernández deve se reunir com Macri ainda nesta manhã

Alberto Fernández é eleito presidente da Argentina. Ainda na noite deste domingo (27), o atual presidente Maurício Macri admitiu a derrota para o peronista – que terá Cristina Kirchner como vice. Os dois devem se reunir ainda nesta manhã na Casa Rosada, como primeiro passo para a transição.

Após votar, Alberto Fernández parabenizou Lula pelo aniversário de 64 anos do petista. O recém eleito acenou que pretende voltar a visitar o brasileiro – que segue preso em Curitiba.

“Fernández preocupa quando a gente fala de economia. Ele acena para um congelamento de praços de 180 dias e um aumento emergencial de salários. É basicamente uma cartilha do que se fazer para cair em desgraça econômica. Vale lembrar também que esse, com esse congelamento, parece que os presidentes não olham todos os países que usaram essa estratégia – inclusive nosso querido Brasil com o ex-presidente Sarney.”

“É muito perigoso isso. Se for feito, deve agravar a crise argentina que já está bastante preocupante. Lembrando que eleição, do ponto de vista econômico, dois fatores pesam: desemprego e inflação. A gente acaba caindo em um ditado que é assim ‘você viaja para a Argentina e volta em 20 dias, tudo mudou; você volta em 20 anos, tudo continua igual’.”