Constantino diz que protestos contra Bolsonaro foram ‘verdadeiro fracasso’ e mostram o tamanho da 3ª via

Comentarista do programa 3 em 1 falou sobre os atos, dizendo que a ausência de público confirmou o baixo engajamento do grupo que diz se opor a Lula e Bolsonaro em 2022

  • Por Jovem Pan
  • 13/09/2021 18h03 - Atualizado em 13/09/2021 19h14
PAULO MARCIO/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOAtos aconteceram em seis capitais

As manifestações em defesa do impeachment do presidente Jair Bolsonaro foram marcadas pela baixa adesão do público. Os atos foram organizados pelos grupos de centro-direita Movimento Brasil Livre (MBL), Vem pra Rua e Livres, e os protestos foram realizados em seis capitais brasileiras. A baixa adesão às manifestações repercutiu nas redes sociais e virou motivo de piada entre políticos. O ministro das Comunicações, Fábio Faria, usou as redes sociais para ironizar a falta de pessoas nos protestos, apoiados pelo ex-ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta. “Pode ir para a manifestação que o distanciamento social está sendo totalmente respeitado”, disse. Outras figuras políticas participaram dos atos, como o governador João Doria (PSDB), o presidenciável do PDT, Ciro Gomes, o fundador do partido Novo, João Amôedo, os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Simone Tebet (MDB-MS), o vice-presidente da Câmara dos Deputados, Marcelo Ramos (PL-AM), entre outros políticos, como os deputados federais Orlando Silva (PCdoB-SP), André Janones (Avante-MG) e Kim Kataguiri (DEM-SP).

Durante sua participação no programa 3 em 1, da Jovem Pan, o comentarista Rodrigo Constantino falou sobre o tema, dizendo que os atos foram um fracasso que expôs a falta de engajamento da terceira via, que, em suas palavras, não é respeitada por ninguém. “Foi um fracasso de público. Denota sim a falta de projeto e engajamento dessa tal terceira via, que é um instrumento da esquerda, porque não é uma terceira via de fato. E também levou junto para o bueiro a imprensa, que espalhou que existia risco de violência com bolsonaristas armados na manifestação do dia 7 de setembro, na qual vimos famílias inteiras com verde amarelo e de forma organizada e ordeira, como costuma acontecer nas manifestações mais a direita. Desta vez conclamaram todos para ir para as ruas e irem lá manifestar contra o Bolsonaro e deu traço. ‘Flopou’, como dizem. É um verdadeiro fracasso, mas é o tamanho exato que temos da tal terceira via no país. Ou seja, ninguém respeita isso”, disse o comentarista.

Confira o programa desta segunda-feira, 13: