Mauro Cezar e Thiago Asmar batem boca ao repercutir declarações de Jorge Jesus; assista 

O comentarista e o apresentador protagonizaram um debate acalorado ao longo do programa ‘Bate-Pronto’, do Grupo Jovem Pan, nesta terça-feira, 10

  • Por Jovem Pan
  • 10/05/2022 15h01
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/ Sic Notícias Mauro Cezar Pereira e Thiago Asmar discutiram sobre Jorge Jesus Mauro Cezar Pereira e Thiago Asmar discutiram sobre Jorge Jesus

Mauro Cezar Pereira e Thiago Asmar protagonizaram um debate acalorado ao longo do programa “Bate-Pronto”, do Grupo Jovem Pan, nesta terça-feira, 10. Tudo porque o apresentador perguntou se o comentarista gostaria de se retratar após detonar a postura de Jorge Jesus na polêmica envolvendo Paulo Sousa, atual técnico do Flamengo. “Alguém quer se retratar sobre o que falaram do Jorge Jesus? Ele foi antiético na entrevista que deu para a Globo ontem? Se você não viu a entrevista, não pode chamar o treinador de antético. Isso ele não foi”, disparou o jornalista conhecido como “Pilhado”, se referindo às declarações dadas pelo “Mister” na entrevista ao SporTV.  

Mauro Cezar, entretanto, minimizou a entrevista de Jorge Jesus, gravada no começo da semana passada, ainda antes do episódio revelado pelo jornalista Renato Maurício Prado, do UOL. “Você não está falando sério, né? Se retratar do quê? Ele deu essa entrevista antes do que ele falou perante o Renato Maurício Prado. Você acha que eu perdi o meu tempo com essa entrevista de ontem? Você não vai me dizer o que eu devo fazer.  Você não vai pautar minha atitude profissional. Eu não ia assistir uma entrevista vencida. Para mim, foi irrelevante o que ele falou ontem. Tenho minhas opiniões. Quem vai se retratar, Thiago? Você estava no jantar na casa do Kleber Leite? Eu acredito na palavra do Renato Maurício Prado. Um jornalista experiente como ele não iria inventar aquilo”, rebateu o comentarista.

Entenda a polêmica

Desempregado desde que foi demitido pelo Benfica, em dezembro do ano passado, Jorge Jesus decidiu retornar ao Brasil para acompanhar o Desfile das Campeãs, no Carnaval do Rio de Janeiro. Em sua passagem pelo país, o português gravou uma entrevista com a Rede Globo, que só foi exibida na noite da última segunda-feira, 9. O momento em que gerou a polêmica, no entanto, aconteceu em um jantar na casa de Kleber Leite, ex-presidente do Flamengo e um dos principais opositores de Rodolfo Landim, atual mandatário do clube.

Na ocasião, conforme relatado pelo jornalista Renato Maurício Prado, que também estava no jantar, o “Mister” criticou o trabalho de Paulo Sousa, atual treinador do Rubro-Negro. Mais do que isso, Jorge Jesus disse que gostaria de retornar ao Flamengo, mas deu o prazo de quinze dias para a cúpula flamenguista procurá-lo. Na conversa informal, o treinador também disse que tentou sair do Benfica para voltar à Gávea em 2021, versão esta que foi desmentida pela diretoria do clube português. A repercussão da matéria, claro, foi extremamente negativa e o técnico deixou o Brasil com fama de “antiético”. Já em sua terra natal, depois de ser bastante criticado pela mídia brasileira e por colegas de profissão, Jorge Jesus chegou a cravar que seu futuro não será no Brasil.