Carregou a Seleção nas costas? Vampeta cobra ‘enquadro’ a Neymar: ‘Se fosse o Dunga, já matava!’

  • Por Jovem Pan
  • 10/10/2019 14h30
ReproduçãoO comentarista Vampeta é um dos integrantes da equipe de esportes da Rádio Jovem Pan

“Sempre fui um dos principais nomes, um dos que carregava praticamente tudo nas costas. Quando um atleta atinge um nível desses, é normal ter um tratamento diferente. No Barcelona, o Messi tem um tratamento diferente. É por que ele é mais bonito? Não. É porque ele decide”.

A declaração dada por Neymar ao admitir e defender o fato de receber privilégios na Seleção Brasileira revoltou Vampeta. Em participação no Esporte em Discussão desta quinta-feira, horas depois do empate do Brasil por 1 a 1 com Senegal, o comentarista do Grupo Jovem Pan criticou aquilo que definiu como “omissão” dos outros jogadores da Seleção e cobrou uma espécie de “enquadro” ao camisa 10 no vestiário canarinho.

“Na Seleção, tem jogadores que atuam em Barcelona, Manchester City, Paris Saint-Germain, Chelsea, Liverpool… É tudo atleta com bagagem. Mas os caras aceitam! Na época em que a gente estava na Seleção, se o Romário chegasse e falasse isso, o Dunga já matava logo o Romário! Ele que era o líder!”, disparou.

“(Em 2002) a gente sabia que o Ronaldo era o cara que decidia. Mas, para ele poder decidir, a bola tinha que chegar lá! Ele, sozinho, não iria pegar e driblar todo mundo, não! Tinha que ter um Cafu passando, um Roberto Carlos cruzando, um Emerson mordendo no meio, um passe certo meu, do Kleberson, do Gilberto Silva…”, acrescentou.

Segundo Vampeta, falta atitude e “fome” a maior parte dos atletas da Seleção Brasileira. “Eu vejo assim: pô, o cara é titular do Liverpool, do Bayern de Munique, tudo milionário… Está faltando mais malandragem! Tá faltando reunir uns seis, sete e falar: ‘pô, você é maluco, cara? Você não joga sozinho, não!’. Mas, não… Os caras chegam à Seleção tudo tomando benção! São jogadores omissos!”, finalizou.

Confira o comentário completo de Vampeta no vídeo abaixo!