Nilson Cesar e Flavio Prado debatem atuação de Neymar em vitória do PSG; assista

O narrador e o comentarista do Grupo Jovem Pan analisaram o desempenho do brasileiro diante do Bayern de Munique ao longo do ‘Esporte em Discussão’

  • Por Jovem Pan
  • 08/04/2021 15h16 - Atualizado em 08/04/2021 16h00
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/PSGNilson Cesar e Flavio Prado analisaram a atuação de Neymar contra o Bayern de Munique

Neymar deu duas assistências na vitória do Paris Saint-Germain sobre o Bayern de Munique por 3 a 2, na Allianz Arena, na última quarta-feira, 7, em partida válida pela rodada de ida das quartas de final da Liga dos Campeões. Ao longo do programa “Esporte em Discussão”, do Grupo Jovem Pan, Nilson Cesar e Flavio Prado concordaram que o brasileiro, de fato, foi importante para o resultado favorável aos francesas. O primeiro, no entanto, fez questão de deixar claro que o camisa 10 foi o terceiro melhor do confronto, atrás de Kylian Mbappé, autor de duas bolas na rede, e de Keylor Navas, responsável por praticar grandes defesas.

“O Neymar fez uma bela partida. Jogou muito futebol! Se jogasse assim sempre, concorreria ao prêmio de melhor do mundo e não ficaria atrás do Mbappé, como está atualmente. É óbvio que ele está! O brasileiro deu duas assistências extraordinárias… a do Marquinhos foi incrível, coisa de craque. Ontem, ainda assim, ele foi o terceiro melhor do jogo, atrás de Mbappé, que jogou uma barbaridade, e o Navas, que decidiu o jogo com várias defesas. Foi um negócio impressionante! Pegou tudo debaixo de neve”, disse o narrador.

Flavio Prado, por sua vez, não quis entrar no mérito de quem foi o melhor atleta do PSG, mas ressaltou que o primeiro tempo de Neymar foi acima da média. “O primeiro tempo dele foi brilhante. No segundo tempo, porém, ele caiu de rendimento, algo natural porque ele vem de contusão e não tinha total condição física. O Neymar jogou um pouco mais atrás, recuando para armar o time, em uma função que ele pode fazer bem, mandando bola para o monstro do Mbappé. Foi uma vitória muito expressiva, mas não garante nada porque é o Bayern de Munique”, analisou.

Assista ao debate abaixo: