Vampeta se exalta e rebate Flavio Prado após empate entre Palmeiras e São Paulo

Comentaristas do ‘Esporte em Discussão’ protagonizaram um bate boca ao analisar a partida da primeira final do Paulistão e a estratégia de poupar jogadores na Libertadores

  • Por Jovem Pan
  • 21/05/2021 15h52 - Atualizado em 21/05/2021 16h06
Montagem sobre fotos/Reprodução/Jovem Pan/WILIAN OLIVEIRA/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDOVampeta e Flavio Prado discutiram sobre a qualidade do futebol apresentado na final do Paulistão

Palmeiras e São Paulo fizeram uma partida truncada, com poucas emoções e ficaram no 0 a 0 na primeira final do Campeonato Paulista, em confronto realizado na última quinta-feira, 20, no Allianz Parque. No entendimento do comentarista Flavio Prado, do Grupo Jovem Pan, os times mostraram um futebol “covarde”, principalmente porque pouparam os seus titulares nas partidas válidas pela Libertadores. “Por que a gente traz um cara de Portugal, que atravessa o oceano para treinar no Brasil, e um argentino, cheio de ‘fru-fru’, para fazer isso? Os treinadores daqui podem fazer o que Palmeiras e São Paulo fizeram ontem. E digo mais: se tivessem a mesma chance, talvez até fizessem algo melhor. É uma vergonha! Futebol covarde! Se não tem coragem de jogar, não joga”, disse o jornalista, criticando os treinadores Abel Ferreira e Hernán Crespo. 

Para Flavio Prado, a ideia de preservar os principais jogadores na Libertadores para jogar o mata-mata do Paulistão é inconcebível e mancha a história de Palmeiras e São Paulo. Vale lembrar que o Verdão perdeu a invencibilidade diante do Defensa y Justicia (ARG), enquanto o Tricolor ficou sem a liderança de sua chave após ser derrotado pelo Racing (ARG). “Não é errado (poupar). É um absurdo! É uma falta de respeito com as histórias dos clubes. Isso vai passar para a história. Se o Palmeiras e o São Paulo, com os elencos caros que têm e com os treinadores estrangeiros, não conseguem ganhar da Ferroviária, é uma piada! O Paulista só tem quatro times. Se não aguenta isso, não dá”, complementou.

Vampeta, por outro lado, discordou com veemência de seu colega e elogiou o planejamento feito pelos treinadores de Palmeiras e São Paulo, que voltam a se encontrar no domingo, no estádio do Morumbi, pela partida derradeira do Paulistão. “Vocês acham que uma comissão técnica, que tem Muricy Ramalho, Crespo e os outros, além da turma do Palmeiras, fizeram todo planejamento errado? Eles são tontos? No ano passado, com todo planejamento, o São Paulo foi eliminado no Paulista e na Libertadores. Desta vez, já está classificado. E outra: ser primeiro na classificação geral não significa ser campeão da Libertadores”, analisou o campeão mundial com a seleção brasileira em 2002.

Assista ao debate abaixo: