Alexandre Baldy volta ao trabalho em SP e visita obras do monotrilho

Secretário foi alvo da Operação Dardanários, um desdobramento da Lava Jato, neste ano

  • Por Jovem Pan
  • 02/10/2020 06h44 - Atualizado em 02/10/2020 10h58
DivulgaçãoBaldy vistoriou as obras da Estação Morumbi da Linha 17 - Ouro

Licenciado após ser preso e solto no mês de agosto, o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, retomou as atividades nesta quinta-feira (1º). Alvo da Operação Dardanários, um desdobramento da Lava Jato, que apura supostos desvios de verbas na saúde e é acusado pelos crimes de corrupção passiva, fraude a licitação, peculato e organização criminosa. Baldy vistoriou as obras da Estação Morumbi da Linha 17 – Ouro do monotrilho na capital, às margens do Rio Pinheiros.

A visita aconteceu pouco mais de uma semana depois de o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, suspender a ação penal contra o secretário. Durante a vistoria, ele evitou comentar as suspeitas. A Estação Morumbi, que fará integração com a Linha 9 – Esmeralda da CPTM, faz parte das oito estações que deveriam ter sido entregues na Copa do Mundo de 2014. Baldy disse que, apesar da obra estar adiantada, não há previsão para o início da operação. Com o último contrato suspenso no dia 29 de agosto, o secretário afirmou ainda que é fundamental retomar as licitações para a conclusão do monotrilho. Questionado sobre a extinção da EMTU, Baldy disse que a decisão está nas mãos da Alesp.

*Com informações da repórter Hanna Beltrão