Após eleição com abstenção recorde, ultraconservador toma posse como presidente do Irã 

Ebrahim Raisi foi eleito ainda no primeiro turno, em 18 de junho, em uma votação também marcada pelo veto a candidaturas de seus principais adversários

  • Por Jovem Pan
  • 04/08/2021 05h32 - Atualizado em 04/08/2021 05h33
EFE / EPA / IRÃDurante o discurso de posse, Raisi condenou as sanções impostas pelos Estados Unidos ao país

O ultraconservador Ebrahim Raisi tomou posse nesta terça-feira, 3, como novo presidente do Irã. Durante o discurso de posse, Raisi, que se apresenta como defensor das classes desfavorecidas e se diz contra a corrupção, condenou as sanções impostas pelos Estados Unidos ao país. Ele está na lista das autoridades iranianas impactadas pelos bloqueios econômicos de Washington, é acusado de abusos dos direitos humanos enquanto era juiz, e teria participado de execuções em massa. Agora, o grande desafio será trazer de volta os norte-americanos para as renegociações do acordo nuclear. Raisi sucede o moderado Hasan Rohari, que em 2015 conseguiu a assinatura de Barack Obama no tratado. Assim que assumiu a Casa Branca, Donald Trump, abandonou o documento. Eleito ainda no primeiro turno, em 18 de junho, a votação foi marcada por uma taxa de abstenção recorde e pelo veto das candidaturas de seus principais adversários. Ebrahim Raisiserá também o provável sucessor do líder supremo, aiatolá Ali Khamenei. Atualmente, Raisi é um “hoyatoleslam”, cargo inferior ao de aiatolá no clero xiita.

*Com informações da repórter Lívia Fernanda