Audiência pública nesta terça deve definir diretrizes para vacinação de crianças

Expectativa é que o anúncio oficial do Ministério da Saúde sobre a imunização pediátrica contra a Covid-19 seja feito nesta quarta-feira, 5

  • Por Jovem Pan
  • 04/01/2022 08h13 - Atualizado em 04/01/2022 09h45
JOAO GABRIEL ALVES/ENQUADRAR/ESTADÃO CONTEÚDO Profissional da saúde prepara dose da vacina O encontro acontece após a conclusão da consulta pública realizada pelo governo federal, que recebeu 24 mil contribuições

O Ministério da Saúde faz uma audiência pública nesta terça-feira, 4, para debater a inclusão das crianças com idades entre 5 e 11 anos no Plano Nacional de Imunização contra a Covid-19. O encontro acontece após a conclusão da consulta pública realizada pelo governo federal, que recebeu 24 mil contribuições. A expectativa é que o anúncio oficial sobre a vacinação pediátrica seja feito nesta quarta-feira, 5. No geral, o governo defende que a imunização de 5 a 11 anos seja feita com autorização dos pais e prescrição médica. A expectativa é da entrega inicial de 20 milhões de vacinas pediátricas até março. “Podem ficar tranquilos, todos os pais e mães que quiserem vacinar seus filhos de 5 a 11 anos poderão”, afirmou o ministro Marcelo Queiroga.

De acordo com ele, a audiência desta terça-feira busca ampliar a discussão sobre o tema. Segundo dados do IBGE de 2018, há 20,5 milhões de crianças com idades de 5 a 11 anos. Em nota, a Assessoria Brasileira de Alergia e Imunologia afirmou que o risco de morrer de Covid-19 nesta faixa etária é de 10 mil a 200 mil vezes maior do que o risco de ter uma reação adversa ao imunizante. A entidade é favorável à vacinação das crianças e afirma que a consulta pública não cabe, já que a aplicação dos imunizantes deve ser uma questão de saúde pública, não de opinião.

*Com informações da repórter Katiuscia Sotomayor