Auxílio para caminhoneiros e taxistas tem adiantamento no pagamento de parcelas

Benefício prevê a entrega de R$ 1.000 mensais, mas quem não retirá-lo em até 90 dias terá o dinheiro recolhido ao Tesouro Nacional

  • Por Jovem Pan
  • 24/10/2022 07h49
Geoff Robins / AFP Fila de caminhões interrompe passagem Auxílios para caminhoneiros e taxistas foram criados na esteira da alta dos combustíveis em 2022

O auxílio aos caminhoneiros e aos taxistas terá um adiantamento previsto. De acordo com um balanço do Ministério do Trabalho, são aproximadamente 360 mil caminhoneiros e 297 mil taxistas que recebem o benefício. A quarta parcela já foi paga, a quinta e a sexta terão novos calendários e devem ser pagas nos dias 19 e 10 de dezembro. Inicialmente a data prevista era para os dias 26 e 17 de dezembro. Caminhoneiros beneficiários podem tirar demais dúvidas na Central de Atendimento Alô Trabalho, por meio do número 158, ou na Central de Atendimento da Caixa Econômica Federal, no disque 111. Já os taxistas que recebem o auxílio têm que consultar suas respectivas Prefeituras para confirmar informações relativas ao pagamento. O auxílio prevê a entrega de R$ 1.000 mensais, mas quem não retirar o benefício em até 90 dias terá o dinheiro recolhido ao Tesouro Nacional.

*Com informações do repórter Daniel Lian

Comentários

Conteúdo para assinantes. Assine JP Premium.