Baldy prevê retomada das obras da Linha 6 – Laranja do Metrô neste ano e entrega em até 60 meses

Linha vai ligar o Centro de São Paulo à Brasilândia; SP quer retomada das obras em até 90 dias

  • Por Jovem Pan
  • 07/07/2020 08h51
Divulgação/Metrô de SP

O secretário dos Transportes Metropolitanos do Estado de São Paulo, Alexandre Baldy, comemorou, em entrevista ao Jornal da Manhã, o acordo que a Move SP concretizou com o grupo espanhol Acciona e para retomar as obras da Linha 6 – Laranja do Metrô. A previsão, segundo ele, é de que os trabalhos se reiniciem em até 90 dias e que a linha, que vai ligar o Centro de São Paulo à Brasilândia, na Zona Norte, seja entregue até 2024.

“Nosso objetivo é retomar a obra em 2020 e conseguir, em até 60 meses, entregar a linha como um todo. (…) A obra deve começar ao fim dos 90 dias, mas com responsabilidade, a determinação do governo é que tenhamos transparência, a obra pode gerar 9 mil empregos, além da movimentação de comércio no entorno, a gente deseja muito para que seja retomada o quanto antes”, explicou o secretário.

Demanda dos transportes

Desde o início da retomada das atividades após paralisação pelo coronavírus, há relatos de que o transporte público em SP está enfrentando lotação acima do normal. Sobre isso, Baldy afirmou que está monitorando de perto. “A demanda por pessoas no transporte público vem crescendo desde junho com a retomada gradativa das atividades econômicas. É importante registrar que o que foi autorizado foi fora do horário de pico, (..) é essencial que a retomada ocorra fora de horário de pico, para que as pessoas utilizem o sistema de forma mais espaçada.”

“Temos uma operação monitorada desde 24 de março, monitoramos de hora em hora, cada linha, seja CPTM ou metrô. No horário de pico algumas linhas já estão com 100% da frota. Se entendermos que agora o fluxo de passageiros aumentará, faremos ajustes”, completou.