Barueri é a cidade mais competitiva do país, aponta ranking

Município é seguido por São Caetano do Sul, também no Estado de São Paulo, e Florianópolis, em Santa Catarina; capital paulista perdeu a terceira colocação

  • Por Jovem Pan
  • 23/11/2021 07h18 - Atualizado em 23/11/2021 12h23
Banco de imagens/PixabayRanking possui 65 indicadores, como funcionamento da máquina pública, questões fiscais, de saúde, educação, segurança, saneamento, meio ambiente, inserção econômica e telecomunicações,

Barueri, município da região metropolitana de São Paulo, lidera a avaliação do Centro de Liderança Pública e é apontada como a cidade mais competitiva do Brasil. O diretor de operações da entidade, Tadeu Barros, explica que o modelo é uma fonte de dados para o desenvolvimento de políticas públicas e atração de investimentos. “Criar uma cultura nos gestores públicos e nas prefeituras de saírem do achismo e entrarem em uma gestão que seja profissional, uma gestão olhando para dados, olhando para evidências, tomando decisões mais bem acertadas”, disse. A segunda edição do ranking de competitividade e sustentabilidade dos municípios coloca Barueri na frente, seguida por São Caetano do Sul, ambas em São Paulo, e Florianópolis, em Santa Catarina, que tomou o terceiro lugar da capital paulista. “São cidades que, em certa medida, estão dentro de um cinturão por todo o país em que há uma pujança econômica, capacidade de geração de emprego, de renda, é uma infraestrutura melhor, capital humano melhor, mas, ao mesmo tempo, não tem as agruras dos desafios, dos problemas complexos, de uma grande metróle”, pontua Barros. O Centro de Liderança Pública avaliou 411 municípios brasileiros com mais de 80 mil habitantes, praticamente a metade da população do país. O estudo tem 65 indicadores, como funcionamento da máquina pública, questões fiscais, de saúde, educação, segurança, saneamento, meio ambiente, inserção econômica e telecomunicações, com uma extrema diferença entre sul e sudeste sobre norte e nordeste.

*Com informações do repórter Marcelo Mattos